Pele cuidada e protegida na folia de Carnaval: saiba como tratar o visual - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, quinta-feira, 20 de junho de 2024


Pele cuidada e protegida na folia de Carnaval: saiba como tratar o visual

A maquiagem é item indispensável no carnaval. Mas, para se jogar na farra e manter a saúde da pele, algumas passos precisam ser feitos antes e depois das comemorações

Publicado em: 12/02/2024 às 05h42

Iandara Pimentel

A maquiagem é item imprescindível para a maioria das pessoas no carnaval. Delineados, cílios postiços e glitter são adereços que não podem faltar durante a folia, mas os cuidados com a pele, antes e depois da curtição, também precisam estar nos planos dos foliões.

Segundo a dermatologista Paula Luz, há uma série de medidas de preparação nesse período. A médica indica o uso de produtos hipoalergênicos, ou seja, aqueles com ingredientes cuidadosamente escolhidos para não gerar alergias. No geral, é importante optar por aqueles com menos ingredientes agressivos, como parabenos, propilenoglicol, óleo mineral, fragrâncias e álcool.

Cuidados com o protetor solar, com a remoção da maquiagem e com a hidratação também são crucias para manter a pele saudável. Além disso, a alimentação e o consumo de álcool também influenciam no visual da pele. Por isso, a Revista separou recomendações de como se cuidar enquanto curte a festa.

Preparando-se para sair

Antes de aplicar a maquiagem e os brilhos, são necessárias algumas medidas: "Faça uma limpeza profunda da pele, esfolie suavemente, hidrate intensamente e use um primer", ensina Paula. Para a limpeza, opte por um sabonete com o qual a pele esteja acostumada e que seja suave.

De acordo com a dermatologista Flávia Trevisan, os hidrantes perfeitos para essa fase são os pouco oleosos. "Produtos hidratantes oleosos podem afetar a durabilidade da maquiagem. Então, tem que escolher um que não seja muito gorduroso, mas que traga alguma proteção", recomenda.

Já a aplicação do protetor solar deve ser feita antes da maquiagem e reaplicada, se possível, durante a folia. "Pode ser em creme ou em spray, que é uma estratégia bem útil no carnaval, porque é mais rápido e fácil de aplicar", ressalta Flávia. Só é necessário pôr na quantidade certa, porque, caso contrário, ele não vai proteger, o que pode causar insolação.

Se não for possível reaplicar o produto durante a festa, seja para não estragar a maquiagem, seja pela falta de oportunidade, o uso de proteções físicas pode ajudar nos períodos em que o sol esteja mais forte. "Adote um boné ou saia com uma sombrinha colorida e com brilhos para combinar com a fantasia", sugere a dermatologista.

Além de desempenhar um papel importantíssimo na proteção contra os raios UV, o protetor solar conta com vários benefícios. "O produto previne o ressecamento, cria uma barreira contra poluentes ambientais, ajuda na prevenção de manchas e fornece ação antioxidante", cita a dermatologista Paula Luz. Mas atenção: mesmo que contenha ingredientes hidratantes, o protetor não supre a necessidade de hidratação da pele e do consumo de água para se manter saudável durante as atividades festivas.

Depois da festa

Após um dia inteiro de folia, o ideal é retirar os produtos o mais rápido possível. "O jeito menos prejudicial é fazer a limpeza com sabão de limpeza suave, pode ser um sabonete específico para pele facial. Na região corporal, opte por um sabonete neutro e hidratante", explica Flávia Trevisan. A dermatologista recomenda utilizar um removedor de maquiagem se os produtos usados forem mais persistentes ou à prova d'água.

"Além disso, cuidado com os produtos abrasivos, que façam efeito de peeling, porque podem agredir a pele. Depois, pode até complementar com água micelar para aprofundar a limpeza, mas sem produtos que tenham álcool ou esferas esfoliantes, porque podem irritar mais a área", completa.

Flávia lembra que o uso contínuo dos produtos de maquiagem tende a deixar a pele mais sensível. "Até lavar demais a pele pode acabar removendo a camada de gordura natural e deixando-a exposta, por isso que insisto tanto na hidratação após a higienização, pois ajuda a recuperar essa barreira lipídica que a pele tem", completa.

Se as recomendações de cuidados não forem seguidas, uma série de complicações deve aparecer. "Obstrução de poros, irritação cutânea, alergias, desidratação, dermatite de contato, problemas oculares, reações a glitter e infecções", alerta Paula Luz.

Cuidados com os olhos

Na maquiagem, a aplicação dos produtos dos olhos deve ser feita com atenção redobrada, visto a região é sensível e o exagero ou uso incorreto das makes nessa área podem atrapalhar a folia. “Os produtos como glitter podem arranhar a córnea, causando dor intensa, lacrimejamento e fotofobia”, explica a oftalmologista Juliana Lasneaux. Por isso, a médica recomenda o uso das sombras metalizadas e brilhantes em substituição, visto que é própria para usar nos olhos.

Para quem optar por usar lentes de contato, é interessante que tenha experiência na higienização e nos cuidados, como não dormir com elas. “Se você não tem costume de usar as lentes, dispense a utilização no carnaval. Se não souber manuseá-las bem, pode até causar uma infecção”, ressalta Juliana. Mas se forem indispensáveis, a oftalmologista indica que sejam colocadas antes da maquiagem.

Atenção às crianças

Durante o período da folia, os pequenos também podem se maquiar, mas os cuidados com os produtos são um ponto importante para curtir a festa sem preocupações. Segundo a dermatologista Paula Luz, as maquiagens comumente usadas pelos adultos não podem ser aplicadas nas crianças, pois há compostos prejudiciais à saúde delas, como ftalatos e fenóis, que atuam como desreguladores endócrinos. “Essas substâncias químicas são capazes de interferir no sistema endócrino humano e têm o poder de causar disfunções do sistema imunológico, desregulação do crescimento e do desenvolvimento neural”, explica Paula.

Além disso, a pele da criança é mais fina e sensível, com menos condições de formar uma barreira contra agentes externos. Assim, o uso de produtos inadequados pode gerar uma série de problemas. “Dermatite de contato, acne, fotossensibilidade e intoxicações pela absorção cutânea são algumas delas.

Para encontrar os produtos perfeitos para os pequenos, é importante ficar de olho nos rótulos das compras carnavalescas para evitar contaminação, como metais pesados e bactérias. "Os pais devem sempre optar por produtos livres de óleos, parabenos e com testes de segurança, como de toxicidade e fotoirritação", finaliza Paula.