Fenômeno Climático: La Niña pode voltar ainda em 2024 - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, domingo, 3 de março de 2024


Fenômeno Climático: La Niña pode voltar ainda em 2024

A possibilidade é para o segundo semestre segundo atualização mensal da agência do tempo e clima dos Estados Unidos.

Publicado em: 11/02/2024 às 05h59

Instituto Metsul

Cresce a possibilidade de instalação de um evento do fenômeno La Niña mais tarde neste ano, especialmente entre o inverno e a primavera, de acordo com a agência de tempo e clima do governo dos Estados Unidos. A probabilidade é considerada muito alta no segundo semestre, conforme a NOAA (Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera).

O fenômeno aumenta a possibilidade de estiagem e de frio no Sul enquanto no Norte e no Nordeste provoca aumento da chuva. A NOAA, inclusive, emitiu um “La Niña Watch” ou aviso de La Niña, indicando a possiblidade de retorno do fenômeno, mesmo que as condições atuais ainda sejam de El Niño e forte. O pico do El Niño foi atingido no último trimestre de 2023 e no começo de 2024.

Curiosamente, neste momento, por parte da NOAA há simultaneamente um aviso de El Niño ou “El Niño Advisory” (aviso que El Niño está presente e deve seguir atuando) e um aviso de La Niña ou “La Niña Watch” (aviso de condições favoráveis à La Niña nos próximos seis meses).Conforme a estimativa da NOAA, há uma probabilidade de 79% de que o El Niño chegue ao fim e o Pacífico Equatorial evolua para uma condição de neutralidade no trimestre de abril a junho e 55% de probabilidade de que o Pacífico passe de neutralidade para La Niña no trimestre de inverno, de junho a agosto.