Globo muda novela depois que jornalista desinformada irritou os moradores de MS - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, sábado, 13 de agosto de 2022


Globo muda novela depois que jornalista desinformada irritou os moradores de MS

Represália por ter irritado MS? Confira o que a Globo mudou na história de Érica no remake de "Pantanal"

Publicado em: 04/08/2022 às 06h42

João Ramos

A história da jornalista Érica, a loira misteriosa que mal chegou na novela "Pantanal" e já foi embora, será drasticamente alterada no remake da TV Globo. Pelo menos é o que garante a atriz Marcela Fetter, intérprete da personagem no folhetim global.

Seria esta uma represália do autor pelo fato de Érica ter chegado errando o nome de uma importante cidade de Mato Grosso do Sul e causado a fúria do Estado? Nada disso, pelo contrário, a mudança deverá beneficiar a personagem.

Na versão original de "Pantanal", a jornalista era uma golpista que chegou ao bioma, ludibriou Zé Lucas e foi embora deixando o peão apaixonado. Ela voltava dizendo estar grávida de um filho dele, mas tudo se tratava de um golpe para arrancar dinheiro de Zé Leôncio. Agora, segundo Marcela Fetter, isso não mais acontecerá. Érica retornará à história efetivamente grávida, não tentará aplicar um golpe e, ao que tudo indica, terminará ao lado de José Lucas (Irandhir Santos).

O novo destino da personagem foi revelado pela própria atriz Marcela Fetter, em entrevista ao site Notícias da TV. "Érica não é vilã. Vi em algumas matérias que saíram sobre ela inventar a gravidez para casar com o José Lucas, mas não, ela não inventa uma gravidez, ela realmente engravida e escolhe viver o que o destino reservou para os dois", afirma Fetter.

A atriz também revelou que Gisela Reimann, intérprete da mesma personagem na versão original de "Pantanal", vai participar do ramake interpretando a mãe da jornalista. O pai de Érica, Ibrahim (Dan Stulbach), também vai aparecer na trama como um político de caráter duvidoso. O clima vai ficar tenso quando ele aparecer na fazenda de Zé Leôncio (Marcos Palmeira).

Erro imperdoável?

Quando entrou em "Pantanal", a loira chegou explicando seus objetivos no bioma para o fazendeiro José Leôncio. Bancando a entendida do pantanal, Érica começou cometendo uma gafe imperdoável: mencionou errado o nome de uma cidade de MS - erro do texto de Bruno Luperi, apenas dito pela atriz.

Outro ponto da mesma cena que fez os sul-mato-grossenses torcerem o nariz foi o fato dela ter mencionado mais o pantanal mato-grossense, "enaltecendo" Mato Grosso, enchendo a boca para falar os nomes das cidades do Estado vizinho corretamente, e errando o nome da única cidade sul-mato-grossense que citou.

"Ela é jornalista, pai. Ta aí rodando o 'pantanar' em busca de… de sei lá o que", disse Tadeu ao apresentá-la a Zé Leôncio. "Estou aqui pra fazer uma matéria, mas para ser 100% honesta nem eu sei exatamente o que eu tô buscando", avisou Érica.

Ela pediu abrigo e Zé Leôncio cedeu, querendo saber: "Ocê andou por onde?". E é aí que a fala polêmica veio: "Passei por Poconé, Cáceres, Barão de Melgaço e aí eu vim descendo. A minha ideia inicial era chegar até 'Porto de Murtinho' ainda, Nabileque, mas não sei, acho que eu já tô um pouco na dúvida", disparou.

"Ah, eu conheço tudo aí", pontuou Zé Leôncio. "E por todo mundo que eu passei, todo mundo conhecia o senhor", completou Érica, encerrando a conversa.

O nome correto da única cidade sul-mato-grossense mencionada pela jornalista é Porto Murtinho e não "Porto de Murtinho". Se Zé Leôncio conhece as bandas, por que não corrigiu a novata, que está ali para escrever sobre o lugar? Nas redes sociais, a gafe não passou despercebida.