Riedel e André Puccinelli lançarão candidatura ao governo de MS na mesma data - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, quarta-feira, 10 de agosto de 2022


Riedel e André Puccinelli lançarão candidatura ao governo de MS na mesma data

Ambos devem confirmar candidatura no último dia do prazo para realizar convenções

Publicado em: 24/07/2022 às 06h48

Jéssica Benitez

MDB e PSDB vão lançar as candidaturas ao governo do Estado no mesmo dia e quase no mesmo horário em Mato Grosso do Sul. Enquanto o ex-governador André Puccinelli (MDB) será confirmado na corrida pela sucessão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na Associação Nipo-brasileira, o ex-secretário de Governo, Eduardo Riedel (PSDB) fará o mesmo em seu diretório regional. Tudo isso ocorrerá no dia 5 de agosto, um às 9h e outro às 10h, respectivamente.

As duas siglas, que já ocuparam ou ainda ocupam lugar de destaque na política sul-mato-grossense, caminham juntas em âmbito nacional e compõe a terceira via. Tanto que o nome mais provável para ser vice na chapa da senadora Simone Tebet (MDB-MS) para a presidência da República é o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Voltando ao cenário estadual, o PSDB faz convenção junto ao Cidadania que deve lançar o defensor público Marcelo Marinho e a professora Joanita Rodrigues da Rosa como candidatos a deputado estadual. O MDB, por sua vez, deve caminhar com o Solidariedade.

Vale lembrar que o dia 5 de agosto é o prazo final para realização das convenções. Na sexta-feira (22.07) quem abriu a temporada é o partido União Brasil com a deputada federal Rose Modesto que deve concorrer ao governo.

Já o Psol, que inicialmente tinha como pré-candidata a professora Luhhara Arguelho, deve lançar o bacharel em direito, Adonis Marcos, no dia 24 deste mês. Pelo PT a advogada Giselle Marques será cravada candidata a governadora no dia 30 de julho, assim como o ex-prefeito Marquinhos Trad (PSD) que deixou a prefeitura de Campo Grande em abril deste ano para tentar o comando do Executivo Estadual.