Inmet alerta para chuva no Sul de MS e declínio de temperatura - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, quarta-feira, 10 de agosto de 2022


Inmet alerta para chuva no Sul de MS e declínio de temperatura

Inmet alerta para chuva no Sul do Estado e declínio de temperatura em Dourados (MS)

Publicado em: 11/07/2022 às 16h49

Wender Carbonari

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu nesta segunda-feira (11.07) um alerta de risco de tempestade para extensão geográfica que abrange a região Sul de Mato Grosso do Sul, principalmente nos municípios de Naviraí, Amambai, Sete Quedas, Eldorado, Tacuru e Iguatemi. Já em Dourados, a chuva moderada está prevista para chegar nesta terça-feira (12.07), com probabilidade de 60% de acordo com o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), além de queda de temperatura.

Se confirmada as previsões meteorológicas, as pancadas podem encerrar período de estiagem na cidade que já chega a 23 dias de tempo seco, segundo apurado pelo Guia Clima, plataforma de monitoramento agroclimático da Embrapa Agropecuária Oeste. O aviso foi divulgado pelo Alert-AS (Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos Para o Sul da América do Sul) com vigência a partir das 10h de hoje até às 10h desta terça-feira (12.07).

Além de parte de Mato Grosso do Sul, o risco de chuva intensa é indicado a área que abrange todo o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná.

O alerta menciona risco de ocorrerem precipitações pluviométricas superiores a 50 milímetros em um único dia e ventanias que podem superar 60 quilômetros por hora, o que pode acarretar corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Chuva e frio em Dourados

Há 23 dias sem chuva, o Inmet também indica aumento de nebulosidade nesta segunda-feira (11.07) possibilidade de ocorrerem pancadas de chuvas em Dourados nesta terça-feira (12.07).

Neste mesmo período, as temperaturas também devem despencar, saindo de calor acima de 30°C na tarde de hoje para mínima de 15°C e máxima de 25°C prevista para amanhã na maior e mais populosa cidade do interior de Mato Grosso do Sul.