Monsanto condenada, pagou US$ 2 bilhões após júri descobrir que Roundup causa câncer - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, quinta-feira, 30 de junho de 2022


Monsanto condenada, pagou US$ 2 bilhões após júri descobrir que Roundup causa câncer

Monsanto é condenada a pagar US$ 2 bilhões após júri descobrir que Roundup causa câncer

Publicado em: 22/06/2022 às 10h10

Jake Johnson

Um júri da Califórnia decidiu que a Monsanto deve pagar um valor recorde de US$ 2 bilhões em danos a um casal que foi diagnosticado com câncer depois de usar o herbicida Roundup da empresa.

“Finalmente fomos autorizados a mostrar a um júri a montanha de evidências mostrando a manipulação da ciência, da mídia e das agências reguladoras da Monsanto para avançar sua própria agenda, apesar dos graves danos do Roundup ao reino animal e à humanidade”, disse Michael Miller, advogado de Alva. e Alberta Pilliod.

O júri decidiu que a Monsanto – que foi adquirida pela gigante farmacêutica alemã Bayer no ano passado – é responsável pelo linfoma não-Hodgkin (NHL) dos Pilliods, a terceira decisão desse tipo em menos de um ano.

“Lutamos contra o câncer há nove anos. Foi causado pelo Roundup. Não podemos fazer as coisas que costumávamos fazer e realmente nos ressentimos da Monsanto por isso”, disse Alberta Pilliod em entrevista coletiva após o veredicto.
Como o The Guardian informou, o “último veredicto é de longe o maior e aumentará a pressão sobre a Bayer, que sofreu quedas no preço das ações após os veredictos e agora enfrenta processos semelhantes de milhares de pacientes com câncer, sobreviventes e famílias que perderam entes queridos. para a NHL.”

Wenonah Hauter, diretora executiva da Food & Water Watch, disse em comunicado que a decisão do júri da Califórnia “mostra que há evidências mais do que suficientes de que o Roundup é um pesadelo ambiental e de saúde pública”.

“Mas, em vez de agir com base nesse conjunto de evidências”, disse Hauter, “a EPA continua do lado da indústria química e anunciou recentemente que continuará permitindo que o glifosato, o ingrediente ativo do Roundup, seja vendido. É hora de proibir esse herbicida perigoso.”