O sucesso do aplicativo online ZOOM durante a pandemia custou caro ao Skype - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, sábado, 21 de maio de 2022


O sucesso do aplicativo online ZOOM durante a pandemia custou caro ao Skype

Como o Zoom estava se tornando a plataforma de videochamada mais popular do mundo, o Skype estava ocupado perdendo sua participação no mercado ao longo de um ano.

Publicado em: 11/04/2021 às 21h38


O trabalho remoto mudou drasticamente no ano passado, e as plataformas que usamos para colaborar também mudaram. Acredite ou não, o Skype era a plataforma de videochamada mais popular no início de 2020. Agora estamos todos no aplicativo de vídeo chamadas ZOOM.

EmailToolTester tem os dados que mostram que, antes da pandemia, o Skype possuía comandando 32,4% do mercado em 2020 antes de perder 25,8% de sua participação de mercado em um único ano. O ZOOM cresceu 22,3% e o Google Meet cresceu 20,2% no mesmo período.

Agora, a ZOOM possui cerca de metade do mercado mundial, incluindo muitos dos principais mercados, incluindo Austrália, Brasil, Canadá, Alemanha, Japão, Rússia, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. O Google Meet teve um bom desempenho na Índia e no sudeste da Ásia, enquanto o Microsoft Teams é líder em países de mercado intermediário, incluindo Polônia, África do Sul e Turquia.

A ascensão meteórica do Zoom pode ser atribuída ao nível de serviço gratuito da empresa, mas a Microsoft também desempenhou um papel ao permitir que o Skype perdesse usuários, mesmo continuando a agregá-lo ao Windows. A Microsoft também mudou claramente o foco, agora que o Teams atingiu 14,5% do mercado em 2021.

Aqueles que ainda usam predominantemente o Skype representam apenas 6,6% do mercado total, que agora está projetado para movimentar US$ 10,92 bilhões até o ano de 2027.

video call market share

 

Um número enorme de pessoas está se afastando umas das outras enquanto o mundo tenta evitar que o COVID-19 se espalhe. Nesse ambiente, o ZOOM Meetings (gratuito, com planos pagos a partir de US$ 14,99 por mês/por usuário) se consolidou e se tornou a primeira escolha entre os aplicativos de videoconferência para uso comercial e pessoal. Para quem trabalha em casa, o Zoom agora é praticamente sinônimo de reunião. O aplicativo também funciona para outros tipos de encontros, desde funerais virtuais até happy hours. Quanto mais pessoas usam o Zoom, porém, mais ele fica sob escrutínio.

Durante o primeiro semestre de 2020, especialistas em segurança, educadores e usuários médios criticaram o ZOOM em várias frentes, sobre as quais falaremos em breve. Nós da revista PCMag acreditamos que os usuários não devem apenas estar cientes das críticas, mas também informados dos fatos antes de decidir se devem usar ou não o ZOOM. Dito isso, em termos de recursos, estabilidade e confiabilidade, o Zoom continua sendo um dos melhores aplicativos de videochamada que você encontrará. Existem muitas alternativas caso o Zoom não atenda aos seus padrões. Listamos alguns deles abaixo com links para análises detalhadas, quando disponíveis.

Se você usa o ZOOM, recomendamos reservar um momento para se familiarizar com os principais recursos da ferramenta. Embora o Zoom seja uma escolha dos editores, reduzimos a pontuação em meio ponto à luz dos eventos recentes. Por sua estabilidade e confiabilidade, no entanto, o Zoom continua sendo um aplicativo ideal, principalmente para reuniões de negócios e encontros pessoais. Para uso governamental e de saúde, certifique-se de olhar atentamente as ofertas da Zoom, pois esses setores tendem a ter requisitos de segurança e privacidade mais rígidos.

Para EDUCADORES

Muitas instituições estãousando o ZOOM, devido a sua funcionalidade. Com ele pode-se desenhar, mostrar imagens, compartilhar telas, controlar a entrada de pessoas, pode se mandar recados (Chat), pode tambe´m, criar sala virtuais para estudo de pequenos grupos de estudantes discutirem um tema. Sua operacionalidade fácil para todos é um dos motivos de sucesso. 

Existe uma versão gratuita (FREE), onde o limite da reunião é de 40 minutos e o numero máximo de pessoas é de 30 pessoas. Para necesidade de tempos maiores, há que se adquirir uma licença para usar o aplicativo, que permite ate 100 estudantes de uma unica vez, inclusive com gravação em nuvem ou no próprio computados das atividades realizadas. Permite também a abertura de salas entre os participantes para discussões de temas educacionais em aulas feitas de forma síncrona.