Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Saca de soja no MS valorizou 3,62% somente no mês de agosto

O preço médio da saca de 60 kg em MS atingiu o maior valor nominal chegando a R$ 134,50/sc

Publicado em: 04/09/2020 às 12h14


O mercado da soja continua a operar em alta devido o baixo excedente da oleaginosa no mercado interno, o que continua a alavancar os preços sendo cotada no valor de R$ 132,93 entre os dias 21 e 31, já seu valor nominal alcançou a marca de R$ 134,50/sc em referência a saca de 60 kg em São Gabriel do Oeste. Os dados são do último boletim da Famasul.

Segundo a Aprosoja/MS a elevação do preço se dá por oferta e demanda. China continua importante em grande quantidade e com muita especulação de mercado, sem produção ativa ainda da safra.

O preço médio do mês de agosto ficou em R$ 122,76/sc em comparativo com mesmo período do ano passado, houve um avanço nominal (valor declarado do ativo) de 66,68%. Segundo a Granos corretora até o fechamento do mês de agosto MS comercializou 97,78% da safra 19/20, em relação a safra 20/21 a comercialização atinge 45,50%.

Milho

Com um aumento de 5,57% entre os dias 21 e 31 o cereal encerra o período negociado a R$ 50,00. Bem como a soja o mercado interno segue aquecido acompanhando à alta nos preços externos e ao maior ritmo de exportação, seu preço médio no mês de agosto fechou em R$ 44,16/sc, um avanço nominal de 63,34% em comparativo com agosto do ano passado.

Para a Aprosoja/MS a elevação é por falta de oferta, plantio tardio, colheita atrasada, 56,30% já comercializado em 2020 e 16% para 2021. Comercialização atrasada, porém, aquecida em comparativo ao ano passado.

Produtividade Aumentada

Quanto a produtividade de ambas as culturas não houve mudança no MS, a soja permanece a 55,7 sc/ha com produção estimada em 11,325 milhões de toneladas, o milho tem produtividade estimada em 76 sc/ha com produção prevista para 8,650 milhões de toneladas. Em relação ao Brasil USDA prevê produção de 131 milhões de soja e 107 milhões de toneladas de milho.