Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura

Governo do Estado criou uma comissão que vai definir estratégias e diretrizes para um retorno eficaz e seguro às atividades presenciais.

Publicado em: 10/08/2020 às 06h58


De que modo milhares de professores e alunos podem retornar às aulas presenciais em Mato Grosso do Sul sem serem infectados pelo coronavírus dentro das escolas e universidades? Para responder esta pergunta, o Governo do Estado criou uma comissão que vai definir estratégias e diretrizes para um retorno eficaz e seguro às atividades presenciais.


A "Comissão Estadual Provisória de Volta às Aulas" foi instituída no Estado com participação de integrantes públicos e pessoas da sociedade civil organizada. Assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e pela secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, o decreto que cria o grupo foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (06.08).


O documento justifica a criação da comissão pela necessidade de manter as medidas de prevenção do contágio da Covid-19; diz ainda que a medida considera recomendações do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir), criado para monitorar os riscos de contágio do coronavírus em MS; e respeita o direito universal à educação.


Ao todo, 19 membros titulares integram a comissão. Entre eles a Secretaria de Estado de Educação (SED), o Conselho Estadual de Educação (CEE), o Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior (CRIE-MS) e a Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems), além do Ministério Público Estadual (MPE-MS) e Assembleia Legislativa de Mato GRosso do Sul (ALEMS).