Domingo, 20 de setembro de 2020

Prefeito de Rio Brilhante(MS) que reduziu salários agora quer receber tudo de volta

Prefeito que reduziu salários agora quer receber tudo de uma vez

Publicado em: 27/07/2020 às 09h10


Decreto assinado pelo prefeito de Rio Brilhante (MS), Donato Lopes da Silva (PSDB), que prevê o ressarcimento dos próprios salários, além do vice-prefeito e de ocupantes de cargos em comissão, reduzidos no período de abril a junho deste ano, por conta das políticas de contenção em razão da pandemia do coronavírus, e que deverá ser feito de uma única vez, na folha deste mês, está criando um desconforto para o mandatário da cidade vizinha.


A medida, publicada na edição de quinta-feira (23.07) passada do Diário Oficial do Município, e assinada pelo próprio Donato Lopes, determina que os descontos do seu próprio salário e também de secretários e assessores que seriam usados no combate à pandemia do coronavírus sejam devolvidos.


Na época o prefeito, Donato Lopes reduziu em 50% os subsídios dos cargos de prefeito, vice-prefeito e 20% dos salários dos funcionários e servidores comissionados DAS-1, DAS-2, DAS-3, CAI-1 e CAS–1. Só foram poupados os que estavam lotados na área de Saúde. “Fica autorizado ao Recursos Humanos a devolução dos valores descontados nos meses de abril/2020. Maio/2020 e junho/2020 a serem devolvidos na competência de julho/2020”, diz trecho do Decreto 28.656/2020 assinado pelo prefeito.


Para o ex-prefeito Sidney Foroni, “é muito cômico ver certas coisas… Primeiro o prefeito divulga aos quatro cantos da cidade dizendo que reduziu o salário dos servidores comissionados/cargos de confiança da Prefeitura e agora edita um decreto mandando devolver tudo o que foi descontado. Só em Rio Brilhante mesmo, se doou, está doado, ou não está?”, como postou na página do Facebook.