PPP do esgoto universaliza serviço em todo o Estado e injeta R$ 3,8 bilhões - Caarapó Online

Caarapó - MS, segunda-feira, 28 de setembro de 2020


PPP do esgoto universaliza serviço em todo o Estado e injeta R$ 3,8 bilhões

PPP do esgoto universaliza serviço em todo o Estado e injeta R$ 3,8 bilhões

Publicado em: 04/02/2020 às 06h21

Redação - Douranews

Mato Grosso do Sul vai universalizar os serviços de esgotamento sanitário em dez anos nos 68 municípios atendidos pela Sanesul (98% de cobertura), com a garantia de um investimento de R$ 3,8 bilhões e uma tarifa sem custo adicional para os usuários desse serviço. Este é um dos pontos relevantes do projeto de Parceria Público-Privado (as PPPs) apresentado na sexta-feira (31.01), na Capital, durante audiência publica.

Ainda neste semestre a Sanesul realiza a licitação internacional da concessão administrativa do serviço de esgotamento sanitário, pelo prazo de 30 anos, na Bolsa de Valores de São Paulo, com previsão de assinatura do contrato até o fim do ano. O investimento estimado contempla R$ 1 bilhão em obras de expansão e modernização da rede e R$ 2,8 bilhões na operação e manutenção do sistema, beneficiando 1,7 milhão de habitantes.

“O governador Reinaldo Azambuja, desde o início do primeiro mandato, definiu claramente como prioridade atacar um dos maiores problemas do Brasil, o saneamento e esgotamento sanitário. O projeto da PPP consolida todo esse longo processo, hoje amadurecido, que será um marco importante para a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, afirmou Eduardo Riedel, secretário de Governo e Gestão Estratégica, que presidiu, no auditório do Crea/MS (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura), a apresentação do projeto da PPP.

“Sem a participação da iniciativa privada levaríamos 40 anos para atingir a meta de 98% de cobertura do esgotamento sanitário”, destacou o titular da Segov. “Nosso Estado sai na frente em uma agenda que o País deixou de lado, onde se sustentava que o privado não pode investir em serviços públicos. O sucesso da concessão da MS 306 mostrou que estamos no caminho certo e também o apetite do mercado por bons projetos, como este da Sanesul”, completou.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Correa, a PPP do esgoto será um marco divisor em uma área tão essencial para a sociedade, como o saneamento básico, prioridade do atual governo. Também presente ao evento, o prefeito de Bataguassu e presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de MS), Pedro Caravina, destacou o compromisso do governador Reinaldo Azambuja com os municípios e os investimentos já realizados pela Sanesul. Vários segmentos da sociedade organizada, Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas e investidores interessados na proposta do Estado participaram do evento.


Estado pioneiro


Representando o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), da ONU, a consultora Maria Amaral disse que a proposta apresentada pelo Estado vem ao encontro das metas para 2020/2030 definidas pela agenda global de desenvolvimento, visando garantir infraestrutura básica para as pessoas em todo o mundo. Ela citou as epidemias sem controle e o quanto a falta de saneamento afeta o desenvolvimento humano.


“O projeto da PPP do esgoto vai colocar Mato Grosso do Sul como pioneiro nesse contexto, com a contribuição e avanços do setor privado. O projeto servirá de exemplos para os demais estados e nos sentimos muito orgulhosos de fazer parte dessa iniciativa”, declarou Maria Tereza.