Trabalhadores da Usina Tonon de Vista Alegre(MS) farão manifestação por salários - Caarapó Online

Caarapó - MS, domingo, 9 de agosto de 2020


Trabalhadores da Usina Tonon de Vista Alegre(MS) farão manifestação por salários

Reivindicação é pelo pagamento de salários feitos somente 50%, o 13° salário em aberto e plano de saúde bloqueado.

Publicado em: 08/01/2020 às 07h03

Sindicato

Funcionários da área agrícola da Usina Tonon do distrito de Vista Alegre, a 38 km de Maracaju(MS), informaram a mídia, que farão manifestação pedindo o pagamento dos 50% dos restante dos salários que não foi pago, 13° salário que se encontra atrasado e o plano de saúde bloqueado que não foi passado até agora nenhuma informação.


O problema se arrasta desde final de novembro 2019 e alguns trabalhadores estão desesperados sem dinheiro nem para comprar comida, contas atrasadas e sem qualquer tipo de informação.


Os funcionários no comunicado ao tudodoms lembram que nesta quarta-feira, estarão reunidos frente à entrada da usina e não estarão dando expediente. Estão sendo convocados todos os trabalhadores da Usina Tonon de Vista Alegre.


No comunicado eles alegam que tem filhos e família para tratar e tem gente passando dificuldade, e a Usina não dá um parecer, que entraram em contato com Sindicato que representa a classe em Rio Brilhante, esperam o apoio da entidade, que até o momento não se manifestou.


A reivindicação pelo pagamento de salários atrasados começou em novembro do ano passado. A preocupação é com de cerca de 600 trabalhadores. O atraso nos pagamentos afeta várias áreas, entre elas a lavoura, transporte e linha de produção.


Segundo os trabalhadores, o último contato da Usina aconteceu na Escola Sesi quando um represente de São Paulo da usina em uma reunião disse que 13° seria pago até maio de 2020, o salário seria pago e não foi, em seguida o bloqueio do plano de saúde desde então mais nada, não dão resposta. Trabalhadores esperam que no ato dirigentes da empresa atendam suas reivindicações.


A manifestação é pacífica e o que os trabalhadores querem é a garantia dos seus direitos.