Iagro confirma suspeita de 'mormo' que já registrou 16 notificações - Caarapó Online

Caarapó - MS, sábado, 19 de outubro de 2019


Iagro confirma suspeita de 'mormo' que já registrou 16 notificações

Desde 2015, houve 247 notificações de suspeita em Mato Grosso do Sul

Publicado em: 10/10/2019 às 07h48

IAGRO

A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) esclareceu nesta quarta-feira (09.10), por meio de nota oficial, que a suspeita da doença do mormo que havia mobilizado uma equipe na última sexta-feira (04.10) no Parque do Peão, está em análise e o exame que deve confirmar ou não a existência da doença está em processamento.

A nota ainda afirma que houve constatação técnica por uma unidade epidemiológica e que o evento que aconteceria no Parque do Peão naquela data, teve de ser cancelado para resguardar os cavalos que estavam sendo preparados para as provas. O evento aconteceria de 4 a 6 de outubro.

A Iagro também disponibilizou alguns dados referentes a doença do mormo em Mato Grosso do Sul. Entre os anos de 2015 e 2018, o Estado registrou 247 notificações de suspeita e que deste número, 26 foram confirmadas em propriedades e que atualmente, os focos se encontram saneados.

Já em 2019, houve 16 notificações de suspeita em vários municípios. Porém, 12 notificações foram encerradas e outras 4 estão aguardando resultado do WB nos municípios de Campo Grande e Rio Negro, além de um foco ter sido confirmado na cidade de Aparecida do Taboado.

Doença do Mormo


O Mormo é uma doença infectocontagiosa dos equídeos (muares, asininos e equinos), causada pela bactéria Burkholderia mallei, que pode ser transmitida ao homem e eventualmente a outros animais. Os equídeos podem apresentar, dentre outros sintomas clínicos, febre, descargas nasais mucopurulentas (catarro), presença de nódulos subcutâneos e pneumonia.