Sonda da Nasa capta o som do vento em Marte (ouça) - Caarapó Online

Caarapó - MS, quinta-feira, 4 de março de 2021


Sonda da Nasa capta o som do vento em Marte (ouça)

Sonda da Nasa capta som do vento em Marte; ouça. Módulo espacial insight é a primeira missão da agência espacial americana Nasa para estudar o interior de Marte

Publicado em: 09/12/2018 às 07h35

Agência Estado

 
 
 
 
 
 
 

O barulho é do vento soprando contra os painéis solares da InSight e da vibração resultante da nave espacial. Os sons foram gravados por um sensor de pressão de ar dentro da sonda e por um sismógrafo localizado no convés do aparelho.
 

O módulo espacial insight é a primeira missão da agência espacial americana Nasa para estudar o interior de Marte. A sonda pousou no dia 26 de novembro com sucesso na superfície do planeta vermelho depois de uma viagem de 485 milhões de quilômetros, que separam a Terra de Marte. Isto significa que o som viajando a velocidade da luz, demora 28 minutos para chegar a Terra, e o mesmo tempo para a sonda receber instruções do Centro de Controle da NASA.

Para "aterrissar" com sucesso, InSight teve de superar os tais "sete minutos de terror", como foi batizada pela Nasa a delicada e breve fase de sua missão na qual o módulo atravessou a atmosfera marciana a quase 20 mil quilômetros por hora até reduzir sua velocidade para cerca de oito quilômetros por hora pouco antes de pousar.


O que a sonda vai investigar em MARTE


Diferentemente de outras missões anteriores da Nasa centradas na superfície ou na atmosfera de Marte, a novidade da InSight é que seu principal propósito é estudar o interior do planeta para conhecer mais de perto sua composição e evolução. Para isso, conta, entre outros instrumentos, com um sismógrafo e uma sonda que medirão a atividade e a temperatura internas do planeta, respectivamente.


Neste ponto, será fundamental o trabalho de uma escavadora mecânica, incluída no módulo, que perfurará até cerca de cinco metros de profundidade a superfície marciana. O módulo pousou e se instalou nesta segunda em uma região plana de Marte conhecida como Elysium Planitia, onde realizará sua atividade investigativa.