Eleição para governador pode ser decidida no 1º turno - Caarapó Online

Caarapó - MS, quinta-feira, 4 de março de 2021


Eleição para governador pode ser decidida no 1º turno

Levantamento mostra que Reinaldo Azambuja 45,82%, enquanto soma dos outros candidatos chega a 43,87%

Publicado em: 02/10/2018 às 07h10

Correio do Estado

Na reta final da campanha (faltando 5 dias para o pleito), pesquisa estimulada aponta a tendência de as eleições acabarem no primeiro turno em Mato Grosso do Sul, com a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A virtual vitória do governador no dia 7 deste mês é indicada tanto nos votos nominais quanto nos votos válidos (em que são excluídos os brancos, nulos, indecisos ou nenhum dos candidatos), em pesquisa realizada no período de 22 a 27 de setembro, com 1.500 eleitores espalhados em 40 municípios do Estado.

De acordo com os indicativos do Ipems, se as eleições fossem hoje, Azambuja sairia vitorioso, com 45,82% das intenções de votos nominais. Ele estaria hoje à frente na soma total das intenções de voto de todos os adversários. Nesse quesito da pesquisa estimulada (nominais), em que se incluem indecisos, brancos, nulos e ou nenhum dos candidatos, os rivais do governador teriam juntos 43,87%.


A vantagem de Azambuja de 1,95 ponto está dentro da margem de erro de 2,53 pontos porcentuais, para mais ou para menos, sobre o total do resultado do levantamento. O nível de acerto é de 95%. Mas se o governador mantiver a tendência de crescimento, as eleições poderiam acabar no domingo, sem a realização de segundo turno.

Em uma semana, comparando com a pesquisa anterior, o atual Governador Azambuja ampliou a sua vantagem numérica de 13,59% para 15,58 pontos porcentuais.