Alta no dólar eleva preços e 68% da soja colhida em MS - Caarapó Online

Caarapó - MS, quarta-feira, 25 de novembro de 2020


Alta no dólar eleva preços e 68% da soja colhida em MS

Segundo a Famasul, saca de 60 quilos da oleaginosa saiu em média por R$ 71,81 na primeira semana do mês

Publicado em: 08/06/2018 às 06h40

campograndenews

Soja plantada em Mato Grosso do Sul (Foto: Marcos Ermínio / arquivo)

A alta no dólar tem favorecido o escoamento da safra de soja sul-mato-grossense. Segundo a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), até o dia 4 de junho já haviam sido vendidos 68,03% dos grãos que foram colhidos este ano no estado, quase doze pontos percentuais à frente da mesma época do ano passado.

Isso acontece porque as recentes subidas da moeda norte-americana estão levando junto os preços da oleaginosa e incentivando a comercialização.

 

A federação afirma que a saca de 60 quilos saiu em média por R$ 71,81 na primeira semana deste mês, alta nominal de 30% em relação ao mesmo período de 2017. Contudo desde maio houve queda de 2,16%, já que o produto rendia R$ 73,40.

Na composição dos preços, são considerados o mercado internacional, condições de oferta, demanda, clima e vários outros fatores.

Considerando que a safra de 2017/18 foi de 9,58 milhões de toneladas, segundo dados do Siga/MS, e com a comercialização em torno de 68,03%, há ainda aproximadamente 3 milhões de toneladas de soja nos armazéns de Mato Grosso do Sul.