ANTT publica ampliação da tabela de FRETES - Caarapó Online

Caarapó - MS, quarta-feira, 25 de novembro de 2020


ANTT publica ampliação da tabela de FRETES

sai a nova tabela de fretes atualizada pela ANTT junto com os representantes dos caminhoneiros

Publicado em: 07/06/2018 às 20h10

ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publica, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de hoje (7/6), a Resolução nº 5821/2018, que apresenta uma ampliação da tabela de fretes divulgada no dia 30/5. Os novos parâmetros passam a valer a partir da publicação do texto.

O objetivo da publicação é o de mitigar as principais dúvidas dos transportadores e contratantes dos serviços de transporte rodoviário de cargas, além de ajustar os parâmetros previstos nos Anexos I e II da Resolução nº 5820, de 30 de junho 2018.

Entre os principais pontos da regulamentação, podem-se destacar: o estabelecimento dos valores de frete por km/eixo para outras combinações de veículos e a possibilidade de negociação do frete de retorno entre o contratante do frete de origem e o transportador.

A Resolução 5821/2018 também esclarece os casos excepcionais em que a tabela de preços mínimos não será aplicada. São eles:

· Quando houver a necessidade de Autorização Especial de Trânsito – AET;

·Quando houver a locação do veículo, implemento ou composição completa por uma das partes do contrato de transporte;

·Quando a contratação envolver apenas o veículo ou o implemento da composição que será utilizado na operação de transporte;

·         Quando o veículo não for movido a diesel;

·         No transporte de produtos radioativos;

·         No transporte de valores;

·         Na coleta de lixo; e

·Aos sistemas de logística reversa listados no artigo 33 da Lei nº 12.305/2010, que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Além dos pontos destacados, a alteração de Resolução também garante a segurança jurídica dos contratos de transportes previamente assinados e estabelece um prazo máximo para aqueles que possuem prazo indeterminado se adequarem às tabelas de preços mínimo.

Nova resolução.VEJA AQUI Clique aqui e veja a resolução.