PRF reforça fiscalização em rodovias federais de MS durante feriado prolongado - Caarapó Online



PRF reforça fiscalização em rodovias federais de MS durante feriado prolongado

Publicado em: 07/09/2017 às 20h05

g1ms

PRF utiliza bafômetros nas abordagens de condutores (Foto: PRF/ Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reforçou a fiscalização em 3.670 quilômetros de rodovias federais em Mato Grosso do Sul neste feriado prolongado. A operação Independência começou na quarta-feira (6) e segue até domingo (10). Os objetivos são reduzir o número de acidentes e garantir maior segurança aos condutores neste período.

Com o intuito de reduzir acidentes, principalmente os graves (que deixam pessoas feridas ou provocam mortes), serão feitas fiscalizações de velocidade, embriaguez, de motocicletas e de ultrapassagens proibidas nos trechos onde o número de ocorrências é maior, segundo a polícia.

O trabalho conta com radares móveis em vários trechos das estradas e utilização de bafômetros nas abordagens. A PRF informou ainda que, em alguns postos da unidade, o condutor será convidado a assistir vídeos que abordam o comportamento inadequado no trânsito, proporcionando reflexão sobre as atitudes erradas e suas consequências.

Além da sua própria operação, a PRF também participa de outra ação que está sendo desenvolvida no estado, a Égide-Fronteiras. Em parceria com outras unidades e com a coordenação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), policiais rodoviários federais atuam no combate ao tráfico de drogas, armas e ao contrabando nas áreas de fronteira com outros países.

Restrição para tráfego de veículos longos

Veículos longos (com excesso de dimensões e que trafegam com AET – Autorização Especial de Trânsito, como bitrens, por exemplo) estarão proibidos de trafegar pelas rodovias de pista simples no domingo (10), das 16h às 22h, quando é esperado um aumento do trânsito de veículos leves em razão do retorno do feriadão.

Mais informações sobre a restrição no tráfego podem ser encontradas no site da PRF.