Educadores decidem manter greve em Dourados - Caarapó Online



Educadores decidem manter greve em Dourados

Publicado em: 01/09/2017 às 13h51

simted

Educadores da Rede Municipal de Ensino decidiram, em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (1) no Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Dourados, manter a greve iniciada pela categoria no dia 21 de agosto.

Uma nova assembleia será realizada na terça-feira pela manhã pela categoria.

Reivindicações

Os educadores decidiram pela greve em Assembleia realizada no dia 16 de agosto e iniciaram o movimento cinco dias depois. Entre as reivindicações feitas através do sindicato à prefeitura estão o reajuste de 7,64%, referente a correção do piso nacional do Magistério e do grupo de efetivos administrativos, realização de concurso para os administrativos e o pagamento do difícil acesso aos trabalhadores em educação.

As partes vêm travando a discussão sobre os temas desde o início do ano. Algumas assembleias chegaram a ser realizadas em frente ao CAM (Centro Administrativo Municipal).

Reuniões com representantes da Secretaria de Educação também ocorreram, porém, sem que um acordo fosse fechado.

Recentemente a prefeita Délia Razuk (PR) afirmou em material distribuído pela prefeitura que "se houver greve não será por falta de negociação e clareza nas exposições da administração".

A Rede Municipal de Ensino de Dourados conta com 27 mil alunos em 45 escolas, conforme a própria prefeitura.

Na cidade também há 36 Ceim’s (Centros de Educação Infantil), onde 3 mil crianças estão matriculadas.