Jogos da Juventude reúnem mais de 1100 pessoas em Coxim - Caarapó Online



Jogos da Juventude reúnem mais de 1100 pessoas em Coxim

Publicado em: 29/08/2017 às 10h20


O Governo do Estado, por meio da Fundesporte, promove, entre os dias 30/8 e 6/9, em Coxim, a etapa futsal e handebol dos Jogos da Juventude de Mato Grosso do Sul. Delegações de 44 municípios, num total de 1108 pessoas, participam dos Jojums.

Os melhores atletas escolares, com idade entre 15 e 17 anos jogam pelo título e pela vaga nos Jogos Escolares da Juventude.

Estão na disputa: Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Angélica, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Batayporã, Bela Vista, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Fátima do Sul, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Ivinhema, Jaraguari, Jardim, Juti, Maracaju, Naviraí, Nioaque, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Pedro Gomes, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sete Quedas, Sonora, Três Lagoas e Vicentina.

Coxim sedia competições escolares da Fundesporte pelo segundo ano consecutivo. Em 2016, recebeu a etapa basquete, handebol e vôlei dos Jogos Escolares de Mato Grosso do Sul (Jems) e foi apontada pelos participantes como uma das melhores anfitriãs que os jogos já teve. Este ano, a cidade acolhe as disputas de futsal e handebol dos Jojums. A candidatura foi feita para que a população local pudesse acompanhar partidas de sua modalidade preferida: o futsal.

FUTSAL

No futsal, 64 equipes lutam pelo título: 21 no feminino e 43 no masculino. No feminino, a equipe do Raul Sans de Matos/Funlec, atual bicampeã, volta à quadra para defender o título e chegar ao nacional em busca de mais uma medalha.

Pela frente, as meninas de Campo Grande terão 20 adversárias com a mesma vontade de ficar com o ouro: Amambai, Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Cassilândia, Corumbá, Coxim, Deodápolis, Dourados, Iguatemi, Ivinhema, Juti, Maracaju, Naviraí, Ponta Porã, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sonora, Três Lagoas e Vicentina.

No masculino, os garotos do Jodafi, de Três Lagoas, também não terão caminho fácil até o bicampeonato. Times de outros 42 municípios querem ficar com o primeiro lugar: Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Angélica, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Batayporã, Bela Vista, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Fátima do Sul, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Ivinhema, Jaraguari, Jardim, Juti, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Pedro Gomes, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sete Quedas, Sonora e Vicentina.

HANDEBOL

No handebol, a luta pelo título dos Jojums é entre 24 times. No feminino, sete equipes estão na disputa: Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Dourados, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. O supercampeão time do Anglo de Dourados tenta manter a hegemonia e chegar a mais um brasileiro.

No masculino, a briga deve ser equilibrada. Os garotos da Escola Raul Sans de Matos/Funlec de Campo Grande precisarão jogar melhor do que em 2016 se quiserem alcançar o bicampeonato. Os outros 16 times são: Água Clara, Amambai, Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim (2), Dourados, Nioaque, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas.

A abertura está marcada para às 19h30, de quarta-feira (30), no ginásio municipal Fernando Fontoura. Os jogos começam na manhã seguinte. Abrigam as partidas, os ginásios Fernando Fontoura e Ademir Mochi, as Escolas Estaduais Padre Nunes, Pedro Mendes Fontoura e Willian Tavares e a Escola Municipal Marechal Rondon.

Os Jojums valem aos vencedores o direito de representar Mato Grosso do Sul na etapa nacional: os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), marcados para o mês de novembro, em Brasília.