Semed inicia curso Temáticas Étnico-Raciais para educadores - Caarapó Online



Semed inicia curso Temáticas Étnico-Raciais para educadores

Publicado em: 26/08/2017 às 13h36

- douradosnews

Curso teve início na manhã desta sexta-feira, no auditório do Centro Administrativo Municipal​ - Foto – A. Frota

A Secretaria Municipal de Educação de Dourados iniciou nesta sexta-feira (25), o curso "Temáticas Étnico-Raciais" junto aos educadores, no Centro Administrativo Municipal. A atividade é voltada para os professores de história e de geografia da Rede Municipal de Ensino, no entanto, é aberta para a participação de profissionais de outras áreas.

A formação continuada aos profissionais de educação é uma das diretrizes da gestão Délia Razuk que vem sendo direcionada pela Secretaria. Recentemente ocorreu o 1° Encontro Pedagógico dos anos iniciais, finais e EJA (Ensino de Jovens e Adultos), também dentro deste intuito.

As palestrantes da ação foram as professoras-doutoras Maria José de Jesus Alves Cordeiro, Cintia dos Santos e Danielle Barbosa dos Santos Ferreira.

A proposta do curso foi idealizada pela coordenação pedagógica de Geografia e coordenação pedagógica de História, com o objetivo de promover a valorização e o reconhecimento da diversidade étnico-racial. O coordenador pedagógico de Geografia, Vinicius Neves, destacou que o foco é "problematizar o assunto" posteriormente com os alunos nas escolas, de forma a incentivar o respeito e o conhecimento das culturas do país.

"É necessário abordar esse tema. Infelizmente este só é trabalhado no dia 20 de novembro, dia da consciência negra. A nossa identidade cultural é com base nessas relações, nosso foco é problematizar isso; buscamos algumas organizações afro de Dourados para trazer o social e acadêmico para a realidade da escola", diz.

O curso seguirá via internet e terá duração total de 80 horas. O próximo encontro presencial será no dia 25 de novembro, novamente no CAM.

O coordenador explica que entre as próximas ações já estão programadas intervenções nas escolas. As atividades serão finalizadas na semana que marca a consciência negra, em novembro.

"Nós somos a segunda rede municipal do Estado em quantidade e acreditamos que a partir de debates como este nós conseguimos mudar a consciência de muitos sobre o assunto", pontuou.