Tempestades e enchentes estão previstas para o fim de semana em Mato Grosso do Sul - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, sábado, 27 de novembro de 2021


Tempestades e enchentes estão previstas para o fim de semana em Mato Grosso do Sul

Volumes significativos de chuva, queda de granizo, ventos de 70km/h e raios ocorrerão entre sábado e domingo

Publicado em: 23/10/2021 às 07h32

INMET

Acumulados de chuva de aproximadamente 60mm, raios, ventos de 70km/h e queda de granizo devem atingir grande parte de Mato Grosso do Sul a partir deste sábado (23.10), de acordo com o meteorologista Natálio Abrahão.

O tempo chuvoso deve se estender por segunda (25.10), terça feira(26.10), quarta (27.10) e quinta-feira (28.10), segundo a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Andrea Ramos. Há risco de enchentes em Campo Grande, Sidrolândia, Terenos, Maracaju, Dourados e Água Clara no domingo (24.10).

As chuvas ocorridas em Mato Grosso do Sul elevam a umidade relativa do ar, melhoram a qualidade de respiração e provocam leve queda nas temperaturas. A umidade do ar indicada é de 60% ou mais, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

As chuvas previstas para este fim de semana podem provocar queda de árvores, suspensão do fornecimento de energia, queima de semáforos e trânsito caótico. A Energisa aconselha que a população mantenha distância de fios caídos em calçadas e acione a concessionária imediatamente através dos números 0800 722 7272 e (67)99980-0698 ou pelo aplicativo Energisa On.

O Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) emite recomendações durante temporais, chuvas intensas ou vendavais:

Em caso de chuva: não enfrentar pontos de alagamento ou enxurradas; procurar rotas alternativas no trânsito e dirigir devagar;

Em caso de raio: evitar locais abertos; não ficar debaixo de árvores; não ficar próximo a cercas de metal; ficar calçado e desligar eletroeletrônicos da tomada;

Em caso de granizo: deve-se tomar cuidado no deslocamento após chuva de granizo, pois o chão fica escorregadio
Mato Grosso do Sul registrou tempestades de chuva e areia na última sexta-feira (15), há uma semana.

O temporal e ventos de 100 km/h derrubaram árvores, postes, torres, muros; danificaram carros e casas; queimaram semáforos, prejudicando o trânsito; deixaram bairros sem luz e abriram buracos pelas ruas da cidade. Uma jovem de 16 anos quebrou a perna após uma árvore de grande porte atingir o carro onde ela estava, na avenida Bandeirantes, em Campo Grande.

Um motociclista também ficou gravemente ferido após a mesma árvore atingi-lo. Ele foi levado em estado grave para a Santa Casa de Campo Grande(MS), onde foi entubado.