Valorização dos veículos (carros) seminovos deve deixar o IPVA mais caro em 2022 - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, sábado, 4 de dezembro de 2021


Valorização dos veículos (carros) seminovos deve deixar o IPVA mais caro em 2022

Imposto cobrado no início de todos os anos acompanha valores venais dos veículos.

Publicado em: 04/10/2021 às 08h13

O Sul

As dores de cabeça dos motoristas pela recente disparada no preço dos combustíveis devem aumentar com a chegada de um IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) mais robusto nos primeiros meses de 2022.

A percepção considera a valorização de 12,5% dos carros usados nos 12 meses finalizados em agosto no Brasil, de acordo com dados do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). A movimentação, guiada pela falta de insumos para a produção de carros zero quilômetro, tende a refletir diretamente no bolso dos proprietários.

Com base em dados da tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), referência do setor automotivo, um automóvel modelo Chevrolet Onix Joy 1.0 8V Flex fabricado em 2019, o mais vendido dos últimos anos, ficou 34,4% mais caro nos últimos 12 meses, passando de R$ 36.231 para R$ R$ 48.692.

A eventual alta nos valores médios do IPVA a ser desembolsado pelos motoristas vai interromper uma sequência de períodos de queda do imposto em diversos Estados brasileiros.

O IPVA (Imposto sobr Propriedade de Veiculos Automotores), é um imposto sem finalidade determinada cobrado anualmente dos proprietários de veículos terrestres (carros e motocicletas), o aquáticos (barcos, iates, catamarãs, moto aquática) e aéreos (helicopteros, jatos, planadores) estão isentos do IPVA.