Pesquisa mostra que ouvintes permanecem ouvindo rádio mais que antes do isolamento - Caarapó Online

CAARAPÓ - MS, sábado, 27 de novembro de 2021


Pesquisa mostra que ouvintes permanecem ouvindo rádio mais que antes do isolamento

Pesquisa revela que ouvintes permanecem ouvindo rádio da mesma forma ou mais que antes do isolamento social

Publicado em: 15/08/2021 às 08h25

Redação

Nos momentos de crise, a audiência nos veículos de comunicação cresce exponencialmente. Diante de tantas notícias falsas circulando na internet, a população busca por informações confiáveis, além de entretenimento, principalmente no rádio e na televisão.

O primeiro estudo “Especial Rádio” feito pela Kantar Media, com base em dados coletados nos primeiros dias de abril, revelou que a população permanece ouvindo rádio da mesma forma que antes da pandemia de coronavírus ou até mais.

A pesquisa mostrou que 77% das pessoas escutaram rádio no início deste mês, sendo que 71% afirmaram que escutaram com a mesma intensidade ou até mais após o isolamento. O diagnóstico apontou que 20% dos respondentes ouviram muito mais rádio após esta medida.

Os dados indicam que 59% aderiram às medidas de isolamento, 24% exercem suas atividades em casa (trabalho ou estudo) e 35% pararam de exercer suas atividades.

A quantidade de minutos ouvidos por dia permanece quase que inalterada. Nos primeiros dias de abril foram escutados 4h10, em março 4h18 e fevereiro 4h02. O estudo considerou também que 52% das pessoas escutam o rádio para ouvir música, 50% para se entreter e distrair, 43% para se informar sobre acontecimentos recentes, 23% para se informar sobre a Covid-19, 10% porque tem mais tempo livre e 5% por outros motivos.

Após as medidas de isolamento, o consumo de rádio ocorreu principalmente por meio de três plataformas, sendo Dial AM/FM (84%), Internet (19%) e Youtube (12%).