Carro por assinatura vale a pena ter um? Entenda como funciona o sistema - Caarapó Online

Caarapó - MS, segunda-feira, 19 de abril de 2021


Carro por assinatura vale a pena ter um? Entenda como funciona o sistema

Pelo custo de mensalidades por tempo determinado, o cliente não precisa se preocupar em pagar IPVA, documentação, seguro ou manutenção do veículo

Publicado em: 05/04/2021 às 06h23

Rafaela Moreira

Há uma nova modalidade de serviço no mercado para quem quer ter um automóvel zero quilômetro na garagem com algumas facilidades, os carros por assinatura estão atraindo cada vez mais clientes apostando na comodidade, sendo um serviço de locação a longo prazo, criado para atender a quem quer ou precisa de um carro, mas não quer investir na compra.

O serviço consiste no pagamento de mensalidades por tempo determinado para utilizar um carro zero quilômetro, sem ter que se preocupar com documentação, seguro ou manutenção, todos esses valores estão todos inclusos no contrato. O serviço é como um aluguel prolongado, tendo o bônus de sempre dirigir um carro novo, por um período que pode durar de meses até anos.

O consultor Pedro Guimarães explica que em relação aos carros por assinatura, uma das principais vantagens é a livre escolha entre um modelo ou marca favorita e por quanto tempo se pretende usá-lo.

“Carro por assinatura ainda é muito recente no país, algumas companhias nem conhecem do serviço, por isso é fundamental que o cliente pesquise o que realmente compensa, uma das principais vantagens é não ter que esquentar a cabeça com as burocracias do dia-a-dia. Para quem busca facilidades, é uma excelente opção, criado para atender a quem quer ou precisa de um carro, mas não quer investir na compra’.

A assinatura de um veículo é diferente da locação, que geralmente é feita por períodos curtos, os contratos oferecem várias opções de duração que variam entre 12, 18, 24, 36 ou 48 meses. Quanto mais longo for o contrato, menor é o preço por mês. Outro ponto que é necessário levar em consideração na hora da escolha é o limite de quilômetros a serem rodados por mês. Quanto menor a quilometragem mensal permitida, mais barato é o valor da assinatura.

Entre as ofertas oferecidas no mercado há contratos para 500 quilômetros por mês, que podem atender aos que rodam pouco ou de 1.000 a 1.200 quilômetros mensais. Algumas empresas permitem a compra do veículo ao término do contrato, porém o valor pago durante a vigência não é abatido no valor do carro.

O consultor alerta ser fundamental pesquisar preços, modelos e condições de pagamento.

“O valor da assinatura varia de acordo com o modelo do carro, período do contrato, atualmente grandes concessionárias estão atuando nesse ramo, com o aumento da demanda, a tendência é termos queda de preço, porém, analisando pelo custo benefício, ainda compensa mais fazer a aquisição do veículo do que assinar, mas ainda é relativo”.

Entre os requisitos necessários para assinar um carro é preciso ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ter mais de 21 anos e o cartão de crédito usado deve estar no nome do titular da locação, algumas empresas exigem que as mensalidades não comprometam mais do que 30% da renda do contratante.

Algumas empresas permitem que outro condutor use o veículo, mas é necessário que os terceiros sejam cadastrados, para que tenham acesso ao mesmo tipo de proteção do titular.