RS registra o maior índice de acesso ao serviço Google For Education no país - Caarapó Online

Caarapó - MS, domingo, 18 de abril de 2021


RS registra o maior índice de acesso ao serviço Google For Education no país

RS foi o único Estado que optou por utilizar exclusivamente a plataforma.

Publicado em: 10/03/2021 às 05h49

Assessoria

O governador do RS, Eduardo Leite se reuniu, por videoconferência, na terça-feira (09.03), com a equipe do Google for Education, que apresentou um balanço do uso da plataforma pelo segmento estudantil pelo estado do Rio Grande do Sul em 2020.

De acordo com os dados da plataforma, o RS conseguiu que 82,86% dos alunos da rede pública tivessem acesso ao Google for Education. É o maior índice entre os 26 Estados e o Distrito Federal.

"A digitalização do ensino é um processo cheio de desafios, e a pandemia acelerou essa necessidade, especialmente devido a esse abismo social que vivemos. Era necessário levar o acesso às nossas crianças e jovens, e mesmo aos professores, tanto que precisamos adquirir computadores também para os educadores", disse o governador Eduardo Leite.

O presidente do Google Brasil, Fábio Coelho, o diretor do Google for Education Brasil, Alexandre Campos Silva, e o líder do setor público e programas do Google for Education Brasil, Marcelo Lacerda, lembraram que o RS foi o único Estado que optou por utilizar exclusivamente a plataforma. Os demais Estados optaram por sistemas híbridos, que envolviam, além da plataforma, programas de televisão, entre outros.

O ensino híbrido fica como legado e política pública, mesmo após a pandemia”, destacou em sua fala o o diretor da Google Alexandre Campos.

O governador determinou que as equipes das secretarias da Educação e do Planejamento, Governança e Gestão sigam em contato com a equipe do Google For Education para alinhamento de novas políticas educacionais.

“Torcemos pela continuidade e pela ampliação da parceria com a Google For Education, que tem colaborado com o nosso governo na execução do modelo híbrido de ensino, necessário ainda durante a pandemia", reforçou o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal.

Aulas remotas

Para 2021, o governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, dará continuidade às aulas remotas pela plataforma Google Sala de Aula. Até o momento, dos 790 mil estudantes matriculados, cerca de 660 mil já ativaram as contas educacionais.

A iniciativa também prevê a distribuição de 50 mil chromebooks para os docentes regentes de classe e coordenadores pedagógicos das 2,4 mil escolas da Rede Estadual de Ensino. Professores e alunos também têm à disposição ferramentas de incentivo à leitura, como a Árvore e a Elefante Letrado, além de uma plataforma voltada para a matemática, que será lançada nas próximas semanas.

Para ampliar o processo de capacitação dos professores, iniciado no ano de 2020, será realizada nova edição do Letramento Digital. A formação tem o intuito de instrumentalizar os docentes para o uso das plataformas Google e outras ferramentas virtuais.