Japão: Universidade descobre substância que ‘mata’ 100% do coronavírus - Caarapó Online

Caarapó - MS, quinta-feira, 4 de março de 2021


Japão: Universidade descobre substância que ‘mata’ 100% do coronavírus

Japão: Universidade descobre substância que ‘mata’ 100% do coronavírus

Publicado em: 18/02/2021 às 07h01

TBS Sociedade

A Universidade de Nagasaki publicou um estudo com o título “Ácido Aminolevulínico inibe o novo coronavírus” na noite de segunda-feira (08.02). Ácido Aminolevulínico, mais conhecido como 5-ALA, é um aminoácido natural. O grupo de pesquisas, conduzido pelo professor Kiyoshi Kita, registrou que doses concentradas da substância consegue inibir totalmente o coronavírus. “Eu tinha uma vaga ideia de que funcionaria. Mas não imaginava que realmente conseguiria inibir a multiplicação (do vírus) totalmente em doses concentradas”, disse o professor Kiyoshi Kita

Ácido Aminolevulínico, mais conhecido como 5-ALA, é um aminoácido natural. O grupo de pesquisas, conduzido pelo professor Kiyoshi Kita, registrou que doses concentradas da substância consegue inibir totalmente o coronavírus.

“Eu tinha uma vaga ideia de que funcionaria. Mas não imaginava que realmente conseguiria inibir a multiplicação (do vírus) totalmente em doses concentradas”, disse o professor.

O 5-ALA é utilizado na produção de alimentos e cosméticos e está presente em alimentos fermentados, como natto e vinhos, e em alguns suplementos.

“Agora que descobrimos isso, nosso dever é divulgar”, comenta Kita. A universidade iniciou os testes clínicos com humanos no dia 4, e começará a utilizar a substância como remédio em março.

Natto (ou natô) é um alimento tradicional japonês feito de soja fermentada. Tem um cheiro semelhante ao da amônia e uma consistência semelhante à do muco, o que o torna um produto que divide opiniões, mesmo entre pessoas que já cresceram consumindo-o.

Uma pesquisa de 2017 feita pela Nifty, uma provedora japonesa de serviços online, descobriu que cerca de 62% dos japoneses realmente gostam de comer natto.

Além disso, revelou que 13% não gostam do sabor. Apesar de tudo, muitos o consomem de qualquer maneira devido aos seus benefícios para a saúde.

O ácido aminolevulínico é uma ácido usado no tratamento de lesões pré-cancerosas e de alguns tipos de cancro de pele. Também é um potente agente antienvelhecimento: tem-se mostrado eficaz no combate a manchas de sol e rugas superficiais e de profundidade média.