Gerente de fazenda e sobrinho furtam gado em local de trabalho - Caarapó Online

Caarapó - MS, domingo, 7 de março de 2021


Gerente de fazenda e sobrinho furtam gado em local de trabalho

Gerente de fazenda e sobrinho são presos furtando gado no local de trabalho

Publicado em: 18/02/2021 às 06h42

Rio Verde

Um homem de 46 anos, gerente de uma fazenda localizada na zona rural de Rio Verde de Mato Grosso, cidade localizada na região do Pantanal, foi preso junto com o sobrinho, de 21 anos, tentando furtar várias cabeças de gado da propriedade. Eles estavam com uma caminhonete cheia e mais 14 animais separados no mangueiro.

Os fatos ocorreram na última segunda-feira, dia 15 de fevereiro, mas foram divulgados apenas na quarta-feira (17.02). A Polícia Militar recebeu denúncia de que suspeitos estariam transportando animais em uma caminhonete Ford/F-4000, sem autorização. Segundo o site Midiamax, durante deslocamento, a equipe flagrou os indivíduos na rodovia MS-080, próximo ao rio Negrinho.

Na ocasião, o motorista da caminhonete afirmou aos policiais que havia sido contratado pelo passageiro, que era o gerente da fazenda, para transportar algumas vacas. De lá, a PM foi à fazenda e viu que o rapaz de 21 anos, sobrinho do gerente da propriedade, correu para soltar 12 vacas e 2 bezerros presos no mangueiro.

O jovem acabou confessando que o tio havia lhe pedido para contratar alguém para transportar o gado para outro local, e que o pagamento pelo serviço seria feito em litros de óleo diesel. O pecuarista foi informado dos fatos e afirmou não ter autorizado nenhum transporte de animais, tampouco o pagamento por meio de combustível.

O pecuarista então esteve no local para averiguação, juntamente com um veterinário, e confirmou aos policiais que seu gado estava sendo furtado. Diante dos fatos, tio e sobrinho foram presos em flagrante por abigeato e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil. Assim como o tio, o rapaz também era funcionário da fazenda.

O crime está tipificado no Código Penal brasileiro. Art. 155, § 6º - O abigeato, furto de animais do campo, em especial o furto de gado.