Ex-prefeita Délia Razuk não deixou dinheiro para pagamento dos servidores municipais - Caarapó Online

Caarapó - MS, sexta-feira, 14 de maio de 2021


Ex-prefeita Délia Razuk não deixou dinheiro para pagamento dos servidores municipais

Alan Guedes reúne equipe para dizer que Délia não deixou dinheiro do pagamento do servidor

Publicado em: 08/01/2021 às 06h42

Clóvis Oliveira

O prefeito de Dourados (MS) Alan Guedes convocou Coletiva de Imprensa para às 10 horas de quinta-feira (7), na sala de reuniões da Prefeitura, quando pretendeu apresentar detalhes sobre a situação encontrada nos primeiros dias de mandato, após levantamento preliminar realizado nesta semana pelos secretários, gestores e a equipe técnica, já que muitos detalhes administrativos, apesar do trabalho árduo da equipe de transição, não constam no relatório, segundo divulgou a assessoria de comunicação do Município.

Um dos maiores problemas observados é que, ao contrário do que foi anunciado pela gestão anterior no último dia do ano passado, a Prefeitura de Dourados não tem, ainda, dinheiro em caixa para pagar os servidores municipais referente ao mês de dezembro. O prazo limite para o cumprimento dessa obrigação fiscal vence sexta-feira (08.01), quinto dia útil do mês subsequente.

Segundo o prefeito Alan Guedes (PP), "esse é um problema que nem a Prefeitura e muito menos servidores municipais deveriam enfrentar agora em janeiro". Ao afirmar que encontrou o ‘caixa no vermelho’, Alan Guedes disse que a administração elaborou um plano emergencial de contenção de despesas que envolve todas as secretarias e fundações. A intenção é cortar despesas, rever contratos e cortar gastos em todos os setores da Prefeitura de Dourados. Toda equipe já está trabalhando para encontrar alternativas e detalhes devem ser apresentados na Coletiva.

O prefeito convocou, para participar do encontro com a Imprensa, representantes das Secretarias de Governo, Fazenda e Administração, encarregados de detalhar o plano de contenção de despesas e dos projetos de modernização da máquina pública, em estudos desde que Alan Guedes assumiu, na sexta-feira (01.01) passada.

Na quinta-feira (31.01 passada, último dia da gestão da prefeita Délia Razuk, o então secretário de Fazenda Municipal Carlos Augusto Pimentel, promoveu uma live com equipe da Assessoria de Imprensa da Prefeitura para dizer que “nós conseguimos honrar com o pagamento de novembro dentro do mês, pagamos o 13º. em duas parcelas, honramos com as exonerações feitas, o salários dos professores contratados e estamos deixando dinheiro em caixa para ser realizado o pagamento de dezembro”.

Pimentel disse também que o termo de transmissão de cargo deixou prevista essa reserva financeira, além de ter demonstrado o pagamento a todos os fornecedores. “O prefeito já tem ciência de que vai ter o dinheiro em caixa para poder honrar até o quinto dia útil com os salários de todos os servidores”, sustentou aos espectadores o ex-secretário municipal.