Assalto a banco em Santa Catarina repercute na imprensa internacional (VÍDEO) - Caarapó Online

Caarapó - MS, segunda-feira, 18 de janeiro de 2021


Assalto a banco em Santa Catarina repercute na imprensa internacional (VÍDEO)

Na madrugada desta terça-feira (1º), assaltantes de bancos explodiram caixas eletrônicos, provocaram incêndios e fizeram reféns em Criciúma

Publicado em: 01/12/2020 às 10h22

Marina Lopes

A imprensa internacional repercutiu a madrugada de caos vivida na cidade de Criciúma (SC) nesta terça-feira (1º), quando assaltantes de bancos explodiram agências e caixas eletrônicos, inclusive provocando incêndios e usando reféns como escudo. A rede britânica BBC News deu a manchete "Homens armados assaltam bancos em Criciúma-SC", citando fontes da imprensa brasileira para explicar que os tiros começaram por volta da meia-noite no horário local e duraram mais de uma hora.

Postagens nas redes sociais mostram homens com armas nas ruas", diz a publicação; citando também o tweet do prefeito Clésio Salvaro, que, às 2h, pedia que as pessoas permanecessem em casa. "Os criminosos invadiram agências bancárias, explodiram máquinas de caixa eletrônico, provocaram incêncios e bloquearam ruas para impedir a intervenção da polícia", segue o texto.

O norte-americano The New York Times fez uma reportagem ainda mais completa, dizendo que "uma gangue organizada sitiou Criciúma na madrugada desta terça-feira, assaltando bancos e fazendo seis reféns temporariamente, de acordo com a polícia e o prefeito." A publicação cita que duas pessoas foram atingidas por disprados, uma delas um policial, mas não esclarece a condição dos feridos - o agente atingido no abdômen passou por cirurgia no Hospital da Unimed, e tem quatro com o estado de saúde estável.

“Estamos recebendo informações de residentes que nos enviam fotos e vídeos”, disse ele ao Engeplus, uma agência de notícias local. Ele disse que os agressores também incendiaram um túnel na cidade vizinha de Tubarão para tentar impedir a chegada de outras forças de segurança.

Salvaro, o prefeito, disse que os ladrões fizeram reféns seis funcionários da cidade enquanto pintavam placas de rua. Ele disse que eles forçaram os reféns a passarem por uma faixa de pedestres para bloquear uma rua, mas depois os libertaram.

 

O ataque deixou cerca de 220 mil moradores da cidade chocados com a violência que se desenrolava nas ruas, com muitos filmando as cenas caóticas de varandas e janelas. Bruno Adriano Della, cidadão de 20 anos, disse que foi acordado por tiros.

“A cidade inteira estava em choque e com tiros por toda parte. Ninguém sabia o que fazer ”, disse ele. “Estávamos apenas rezando para que isso acabasse.” Ele disse que o ataque o fez lembrar de cenas do programa de televisão "Money Heist", o drama policial espanhol que segue ladrões realizando roubos elaborados. Imagens de vídeo online mostraram pessoas pegando o que parecia ser dinheiro das ruas após o ataque.

“Foi muito assustador”, disse Gustavo Inácio, 21, acrescentando que o ataque se concentrou na parte central da cidade. “Eu não conseguia dormir de medo de que eles viessem para outros bairros.” A Polícia Militar de Santa Catarina - órgão estadual com vários batalhões - interveio na cidade e estava convocando reforços para enfrentar o grupo, segundo informes locais.

Criciúma fica no estado de Santa Catarina e é considerada o centro da indústria de cerâmicas e pisos do Brasil.

Video:

https://youtu.be/b-2lDtihUiQ