Com presença virtual de dois ministros, UFGD entrega R$ 23 milhões em novas obras - Caarapó Online

Caarapó - MS, terça-feira, 24 de novembro de 2020


Com presença virtual de dois ministros, UFGD entrega R$ 23 milhões em novas obras

Com presença virtual de dois ministros, UFGD entrega R$ 23 milhões em novas obras

Publicado em: 21/11/2020 às 06h31

Assessoria

Os ministros da Educação, Milton Ribeiro e o da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, foram alguns dos convidados de honra presentes na solenidade de inauguração de cinco prédios e da Usina Fotovoltaica da UFGD, que aconteceu de forma virtual, na manhã de sexta-feira (20.11), via aplicativo na internet, consolidando a importância nacional da instituição pública criada há 25 anos em Dourados.

Além dos ministros, reitores e representantes dos segmentos políticos, como o senador da República Nelson Trad Filho; os deputados federais Luiz Ovando e Bia Cavassa; o deputado estadual Barbosinha e o presidente da Câmara de Vereadores, Alan Guedes, os Reitores da UFMS, IFMS, UCDB e Unigran e o presidente do FINEP, general Waldemar Barroso Neto bem como membros da comunidade acadêmica da UFGD, abrilhantaram o ato que chegou a reunir 77 convidados.

A solenidade foi presidida pela Reitora da UFGD, professora Mirlene Macedo Damázio e o vice dela, professor Luciano Geisenhoff. Durante o discurso de abertura, a Reitora ressaltou a importância das inaugurações não somente para a comunidade acadêmica, mas a toda a sociedade douradense e brasileira. “Mais um grande passo que marca a trajetória desta Universidade que caminha e cresce buscando seus ideais com determinação e vontade de fazer mais, de levar mais educação e de contribuir com a produção regional”, disse.

Mirlene Damázio falou sobre o formato de realização do evento de modo virtual por conta do novo coronavírus e ainda mencionou o orgulho de manter a continuidade das obras, apesar de todos os percalços trazidos pela situação inesperada e desafiadora que a pandemia gerou. Vários momentos marcaram a solenidade virtual, a começar pela atração cultural com a apresentação do violeiro douradense Dito Freitas, que cantou e tocou “Meu Mato Grosso do Sul”, uma homenagem ao Estado e suas riquezas.

Vários vídeos exibiram o descerramento das placas de inauguração de cada prédio, bem como suas instalações. Falas de docentes e técnicos diretamente relacionados a eles ofereceram informações detalhadas aos convidados e participantes, incluindo o valor investido em cada uma das obras, que somadas chegaram ao montante de R$ 23,6 milhões.

O ministro Milton Ribeiro exaltou a UFGD, por meio dos atuais gestores, agradecendo a “honra pessoal”, segundo suas palavras, “de poder estar presente nesta inauguração”. E completou: “não há momento mais especial do que aquele em que se pode fazer entregas úteis à população, aos pagadores de impostos, aos cidadãos e às cidadãs desse nosso país”.

A Universidade também foi elogiada pelo ministro Marcos Pontes, que manifestou o desejo de conhecer a UFGD pessoalmente e “ver tudo isso de perto”. Ele falou sobre a importância da UFGD para a ciência e tecnologia. “É dentro da universidade onde se produzem as ideias que vão gerar as inovações, que irão se transformar em empresas e novos empregos, para gerar riquezas para o país” e, em outro momento, disse que “essas inaugurações vão cooperar em muito para a realização dos sonhos de muitos jovens e que é preciso ajudá-los a serem felizes a terem sucesso em suas mais diversas áreas”.

O evento encerrou no horário previsto logo após o discurso do ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro e do Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes.

O ato em formato virtual marcou a inauguração dos prédios da Prefeitura Universitária, da FAIND (a Faculdade Intercultural Indígena), do Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas (IPAMTEC), e ainda do Centro de Laboratórios FINEP/UFGD, Laboratório Multidisciplinar de Engenharia Civil e da Usina Fotovoltaica que funciona no campus.