Sebrae dá dica para pequeno negócio crescer na pandemia com sucesso - Caarapó Online

Caarapó - MS, terça-feira, 24 de novembro de 2020


Sebrae dá dica para pequeno negócio crescer na pandemia com sucesso

Entender que é preciso se adaptar à nova realidade financeira da empresa é essencial, bem como apostar na transformação digital. É o que afirma o superintendente do Sebrae-DF, Antônio Valdir Oliveira Filho

Publicado em: 21/11/2020 às 05h54

Marina Barbosa

O novo coronavírus exigiu adaptações na maior parte dos negócios brasileiros. Porém, é possível sobreviver e sair da pandemia de covid-19 com os negócios em alta. Para isso, o importante é entender o novo fluxo de caixa da empresa, adaptar o negócio a essa nova realidade financeira e apostar na transformação digital. O desafio de empreender na pandemia foi um dos assuntos abordados: Sebrae Inova Digital, realizado na sexta-feira (20.11) pelo jornal Correio Braziliense, em parceria com o Sebrae.

Questionado sobre o que os pequenos negócios devem fazer para se manter competitivos diante dos desafios trazidos pela pandemia de covid-19, o superintendente do Sebrae-DF, Antônio Oliveira, lembrou que os negócios devem estar sempre se reinventando para atender às necessidades do cliente. Ele afirmou que, como a pandemia de covid-19 mudou os hábitos de consumo do brasileiro, é preciso se adaptar ao novo normal. "Um conselho importante é desapegar, pois o negócio que você tem hoje não é o mesmo que vai ter amanhã", alertou.

O professor de empreendedorismo e negócios digitais Marcelo Minutti reforçou que é preciso revisitar sempre o modelo de negócio e não ter apego, já que o modelo que deu certo no passado pode não se encaixar mais nas necessidades do cliente. "A gente não sabe como vai ser o futuro ainda. Então, é importante olhar os vários cenários que estão se formando e ser flexível o suficiente para adaptar o modelo de negócio", comentou.


Passos importantes


Antônio Valdir Oliveira admitiu que o mundo dos negócios é dinâmico, muda de acordo com as necessidades do cliente, o tipo do negócio e a experiência do empreendedor. Por isso, disse que não há uma receita única que sirva para todos. Porém, contou que há três passos importantes que podem ajudar o empreendedor nesse processo de adaptação ao novo normal. A dica do Sebrae é calcular a nova faixa de  faturamento da empresa, adaptar o negócio a essa nova realidade financeira e apostar na transformação digital.

O superintendente do Sebrae lembrou que a pandemia de covid-19 mudou o faturamento da maior parte dos negócios brasileiros e, na grande maioria dos casos, reduziu esse faturamento. Por isso, disse que é preciso reorganizar o funcionamento da empresa de acordo com essa nova realidade financeira. "Os negócios vão ter que ter baixo custo. Se mantiverem a estrutura de custo anterior, vão quebrar porque as relações de negócio mudaram", alertou.

Outra dica fundamental é apostar na transformação digital e na presença nos canais digitais, tema que perpassou todo a análise: Sebrae Inova Digital. "Não fazer a transformação digital é impossível, porque o mundo está assim e é preciso incorporar a mudança dos hábitos de consumo no negócio. Se o cliente mudou, tem que mudar também. Não pode perder a conectividade com o cliente nunca", orientou Antônio Oliveira, que vê nos canais digitais e nas redes sociais uma ótima oportunidade de os pequenos negócios se manterem conectados com seus clientes.

https://www.correiobraziliense.com.br/economia/2020/11/4890230-correio-talks-experiencia-e-o-diferencial-dos-pequenos-negocios.html