O que levar para votar e porque sua caneta será tão importante neste domingo - Caarapó Online

Caarapó - MS, sexta-feira, 27 de novembro de 2020


O que levar para votar e porque sua caneta será tão importante neste domingo

Quem não respeitar as regras, pode pagar multa e até ser preso

Publicado em: 15/11/2020 às 06h30

Renata Fontoura

O primeiro turno das Eleições 2020 será neste domingo (15.11) em todo o Brasil e você não pode esquecer a caneta! Eleitores e candidatos devem ficar atentos às regras que a Justiça Eleitoral determinou neste ano por conta pandemia da Covid-19. As condutas proibidas serão caracterizadas como crime eleitoral. Quem descumprir, pode pagar multa e até ser preso.

O eleitor será impedido de votar se não estiver usando máscara de proteção. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) orienta que o EPI (equipamento de proteção individual) seja utilizado desde o momento que a pessoa sai de casa.

Em nenhuma hipótese é permitida a remoção do item, seja para comer ou beber, ou seu uso de forma incorreta, como cobrindo apenas a boca. Os mesários estarão também usando máscaras e protetores faciais fornecidas pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Assim que chegar ao local de votação, é recomendável observar o distanciamento social. Haverá adesivos no chão para demarcar os espaços. Antes e depois de votar, o eleitor deve higienizar as mãos com álcool em gel, disponível em cada seção.


Documentos necessários


Serão aceitos documentos oficiais com foto e o e-Título. A identificação biométrica não será exigida. Para se identificar ao mesário, basta apenas esticar o braço com o documento, evitando a aproximação.

A apresentação do Título Eleitoral não é obrigatória nas eleições 2020 (e nem a caneta). Porém, é recomendável levar caso a pessoa não saiba seu local exato de votação.


“Caneta azul, azul caneta”


Outra recomendação é levar a sua própria caneta esferográfica, azul ou preta, para assinar o caderno de votação. A ideia é evitar ao máximo o compartilhamento de itens e reduzir o risco de contágio de Covid-19. Para quem esquecer, haverá canetas extras devidamente higienizadas nas seções.

O horário de votação será das 7h às 17h00. As primeiras três horas, das 7h às 10h, serão preferenciais para pessoas acima de 60 anos, que fazem parte do chamado grupo de risco. Após votar, o cidadão deverá se retirar de imediato da seção eleitoral, a fim de evitar aglomerações.

Outra recomendação nova, motivada pela pandemia, diz respeito aos eleitores com sintomas ou quadro confirmado de Covid-19. Segundo o TSE, quem apresentar febre no dia de votar ou tiver sido diagnosticado com o vírus nos 14 dias antes não deve participar das eleições.