Procuradoria (PGR) pede a saída de Reinaldo Azambuja e processa mais 24 denunciados - Caarapó Online

Caarapó - MS, sábado, 24 de outubro de 2020


Procuradoria (PGR) pede a saída de Reinaldo Azambuja e processa mais 24 denunciados

PGR pede a perda do cargo de Reinaldo e devolução de R$ 277,5 milhões; veja os 24 denunciados

Publicado em: 16/10/2020 às 05h15

Edivaldo Bitencourt

Na denúncia encaminhada ao Superior Tribunal de Justiça, a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, pede a condenação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do filho, o advogado Rodrigo Souza e Silva, à prisão pelos crimes de líder de organização criminosa, três vezes por corrupção passiva e 60 vezes por lavagem de dinheiro. Além da perda do cargo, o Ministério Público Federal pede a devolução de R$ 277,541 milhões aos cofres públicos, referente a R$ 67,791 milhões da suposta propina e do prejuízo de R$ 209,750 milhões pelo tributo não pago pela JBS.

Além do tucano e do herdeiro, Lindôra denunciou mais 22 pessoas por corrupção passiva e organização criminosa, que inclui o ex-secretário estadual de Fazenda e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Márcio Campos Monteiro, o primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Zé Teixeira (DEM), o delator da Operação Lama Asfáltica, Ivanildo da Cunha Miranda, e o corretor de gado José Guitti Guímaro, o Polaco. Confira a lista completa abaixo

A denúncia é o desfecho da Operação Vostok, deflagrada pela Polícia Federal no dia 12 de setembro de 2018, a 20 dias das eleições gerais. No entanto, a investigação não comprometeu a campanha de Reinaldo, que acabou sendo reeleito no segundo turno com 677 mil votos.

De acordo com a subprocuradora-geral da República, a denúncia não é baseada apenas na delação premiada dos executivos e donos da JBS. Durante a investigação, a Polícia Federal quebrou os sigilos bancários e telefônicos dos envolvidos. As reuniões delatadas foram confirmadas por meio de análise do telefone celular para confirmar a presença do governador e do filho.

Perícia realizada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária confirmou que não houve a entrega do gado apontado nas notas fiscais frias usadas para legalizar o pagamento da propina. Funcionários do frigorífico confirmaram que as notas eram pagas sem confirmar a entrega do boi.

Na denúncia de 351 páginas, Lindôra Araújo pede a condenação de Reinaldo pelo crime de líder da suposta organização criminosa, que pode resultar em pena de três a oito anos de reclusão. Pelo suposto recebimento da propina, ele foi denunciado três vezes, com o agravante de ser funcionário público. O MPF pede ainda a sua condenação por 60 vezes pelo crime de lavagem de dinheiro.

No caso de condenação, o tucano pode perder o cargo de governador e ser obrigado a pagar R$ 277,541 milhões. O relator da denúncia no STJ é o ministro Felix Fischer. O pedido será analisado pela Corte Especial, composta por 15 ministros. No entanto, apenas 14 devem participar da votação, já que a ex-presidente da corte, ministra Laurita Vaz, tem se declarado impedida, porque o filho integra a equipe de defesa de Reinaldo no processo.

Denunciado                                           Quem é
Reinaldo Azambuja da Silva.................Governador de MS
Rodrigo Souza e Silva.........................advogado e filho de Reinaldo
Márcio Campos Monteiro.....................Conselheiro do TCE-MS
Cristiane de Carvalho dos Santos.........chefe gabinete do Governador
João Roberto Baird.............................empresário e pecuarista
Ivanildo da Cunha Miranda..................empresário e pecuarista
Antônio Celso Cortez..........................dono da Mil Tec e PSG
José Ricardo Guímaro, o Polaco........... corretor de gado
Daniel Chramosta..............................dono do Buriti Comércio
Pavel Chramosta...............................dono do Buriti Comércio
Wesley Mendonça Batista...................dono da JBS
Joesley Mendonça Batista...................dono da JBS
Roberto de Oliveira Silva Jr.................pecuarista e irmão de Reinaldo
Gabriela de Azambuja........................sobrinha de Reinaldo
Léo Renato Miranda...........................pai de Gabriela
Élvio Rodrigues..................................pecuarista
Francisco C. Freire de Oliveira.............pecuarista
José Roberto Teixeira, o Zé Teixeira......deputado estadual
Nelson Cintra....................................ex-prefeito de Porto Murtinho
Osvane Aparecido Ramos...................ex-prefeito e ex-deputado
Rubens Massahiro Matsuda..................pecuarista
Zelito Alves Ribeiro.............................pecuarista e ex-assessor do Governo
Miltro Rodrigues Pereira......................pecuarista
Daniel de Souza Ferreira.....................administrador Fazenda Dois Irmãos