SOS Covid-19: 100% dos leitos de UTIs em Dourados (MS) estão ocupados - Caarapó Online

Caarapó - MS, segunda-feira, 19 de outubro de 2020


SOS Covid-19: 100% dos leitos de UTIs em Dourados (MS) estão ocupados

SOS Covid-19: 100% dos leitos de UTI em Dourados já estão preenchidos com infectados

Publicado em: 28/09/2020 às 07h46

Secretaria de Saúde de MS

Alerta geral na Saúde de Dourados (MS). Depois das denúncias de que faltam materiais, equipamentos e insumos, que os médicos são em número insuficiente para o atendimento dos pacientes, que profissionais da área já perderam a vida durante o enfrentamento da doença, agora a Covid-19 sofreu mais um baque no Município: O Ministério da Saúde não habilitou os dez leitos de UTI que haviam sido viabilizados através dos empenhos do secretário Geraldo Resende, com o deputado Barbosinha (DEM) e colegas dele de Dourados na Assembleia Legislativa e a parceria firmada com a companhia JBS.

Essa preocupação foi trazida à público no final de semana, após contatos do parlamentar, que já havia sugerido ao Município um ‘hospital de campanha’ [indicando até o local, no espaço de um desativado hipermercado do área central] paras concentrar o atendimento dos casos de coronavírus, depois da confirmação, pela Secretaria de Saúde do Estado, de que 100% dos leitos de UTI (Unidades de Tratamento Intensivo) na rede hospitalar local já foram preenchidos.

“A situação chegou a esse ponto porque o Município perdeu o prazo para habilitar os dez leitos de UTI que deveriam ter sido ativados no Hospital da Vida”, manifestou o deputado Barbosinha, ao interceder, mais uma vez, junto ao secretário Geraldo Resende, de quem pediu, inclusive, o apoio para recorrer ao Ministério da Saúde, no sentido de contornar essa situação e encontrar uma saída junto ao Ministério e o Governo do Estado, para tentar socorrer o Município diante de mais essa crise de gestão.

“Embora o Hospital da Vida tenha dez leitos, viabilizados por nós junto ao secretário Geraldo, esses espaços não chegaram a ser habilitados pelo Município, pelo relato de baixa ocupação. O Hospital da Vida, ou seja, o Município, negligenciou em sua atribuição, não fez a lição de casa, e perdeu esse credenciamento junto ao Governo Federal”, lamentou o deputado Barbosinha.

Na prática, a macrorregião de Dourados está hoje em vias de entrar em colapso no atendimento hospitalar da Covid-19, porque os 33 leitos que representam essa cobertura [18 no Hospital Universitário, 10 no Evangélico e 5 no Santa Rita], estão todos ocupados, e o mais grave é que nesse caso, do Hospital da Vida, não foi feita a renovação do processo de habilitação junto ao Ministério da Saúde por conta da baixa taxa de ocupação, e a unidade, embora com dez leitos disponíveis, não está habilitada a receber nenhum paciente em atendimento dos casos de coronavírus.

Boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Dourados no sábado (26.09) mostrou que o Município conta com 7122 casos confirmados, após as 52 novas notificações. No boletim oficial do Município, entretanto, a informação é de que existiam 29 leitos de UTI ocupados até neste sábado.