Empresas do DF são as piores pagadoras do país, MS e MT estão bem, PE é o melhor - Caarapó Online

Caarapó - MS, quarta-feira, 30 de setembro de 2020


Empresas do DF são as piores pagadoras do país, MS e MT estão bem, PE é o melhor

Empresas do Distrito Federal são as piores pagadoras do país, o Nordeste está melhor.

Publicado em: 06/09/2020 às 06h55

Vicente Nunes

O impacto da pandemia da covid-19 no caixa das empresas foi expressivo. Mas, no Distrito Federal, a situação é dramática, segundo estudo realizado pela plataforma Vadu. As firmas com sede na capital federal são as piores pagadoras do país.

Apenas 41% dos empresários conseguiram manter suas contas em dia no mês de agosto. Ou seja, seis em cada 10 empreendedores não honraram todos os compromissos em dia. A situação também é preocupante em Rondônia, onde apenas 47% das empresas mantiveram as faturas em dia. Em Mato Grosso, foram 55%.


Na outra ponta da tabela, com melhor índice de pontualidade nos pagamentos, está Pernambuco, com 97%. O Rio Grande do Norte, com 96%, vem na segunda posição, e o Amazonas, em terceiro, com 95% de adimplência. O Distrito Federal sofre, principalmente, por causa da paralisia do setor público, que cortou gastos, e da retração da demanda dos servidores, que cumprem quarentena por causa do novo coronavírus.


Estudo da Consultoria Tendências mostra que, não fosse o Distrito Federal, a região Centro-Oeste já estaria próxima de apresentar o nível de atividade de antes da crise sanitária. Goiás, Mato Grosso do Sul (62%) e Mato Grosso estão sendo alavancados pelo agronegócio, o único setor da economia a apresentar crescimento no segundo trimestre do ano.


Índices de liquidez
 consistem em maneiras de medir a facilidade e a velocidade com que um ativo se transforma em dinheiro. Os índices de liquidez de uma empresa referem-se à capacidade que esta possui de pagar suas obrigações de curto prazo.