Lição para o homem vinda da ponte sobre o Rio Choluteca - Honduras - Caarapó Online

Caarapó - MS, quarta-feira, 30 de setembro de 2020


Lição para o homem vinda da ponte sobre o Rio Choluteca - Honduras

Lição da ponte sobre o Rio Choluteca - Honduras que ficou inutilizada e hoje não serve para nada mais.

Publicado em: 08/08/2020 às 21h26

Prakash Yier - Tradução EDMIR TERRA

Você já ouviu falar da Ponte Choluteca? Eu também não, até há um ano atrás. Ela é uma ponte de 484 metros que ficava sobre o rio Choluteca em Honduras na Amárica Central. Uma região notória por vendavais e furacões.


Assim quando decidiram construir uma nova ponte sobre o rio Choluteca, em 1996, eles queriam uma ponte que resistisse a severas condições climáticas extremas. Uma empresa japonesa foi contratada e eles construíram uma ponte sólida para resistir as poderosas forças da natureza. A nova ponte Choluteca – moderna – uma maravilhosa obra de arte da engenharia foi aberta ao público em 1998. Como as pessoas dirigiam-se de um lado para outro não conseguiam admirar a ponte. Era uma alegria e orgulho de Choluteca.


Naquele ano em outubro, o furacão Mitch chegou a Honduras. Caíram 1905 milímetros de chuva em quatro dias – o equivalente a ao volume que cairia em seis meses. Foi uma devastação total. O rio Choluteca encheu e alagou toda a região. 7.000 pessoas perderam suas vidas. Todas as pontes em Honduras foram destruídas, exceto uma. A nova ponte Choluteca permaneceu sem ser afetada. Mas havia um problema.


Enquanto a ponte estava intacta, a estrada que levava até a ponte estava devastada em ambos os lados. Não havia sinais de que antes houvesse uma estrada ali. E aquilo não era tudo. A enchente forçou o rio Choluteca a mudar seu curso. Ele criou um novo canal, e agora o rio fluía ao lado da ponte sem passar por ela. Não embaixo, mas ao lado dela. Assim enquanto a ponte foi forte o suficiente para sobreviver ao furacão, tornou-se uma ponte sobre o nada. Uma ponte para lugar nenhum.


Isto aconteceu há 22 anos atrás. Mas a lição da ponte Choluteca, em Honduras, é mais relevante para nós hoje do que antes. O mundo está mudando de um modo que nós nunca imaginamos antes. A ponte Choluteca é uma terrível metáfora para o que pode nos acontecer – nossas carreiras, nossos negócios, nossas vidas – como o mundo chega até nós transformado. Adaptar-se a mudança. Ou não.


Como você vê sua carreira, pense novamente antes de você fazer mais um curso que o torna ainda mais especialista em sua área de especialização. Esse papel, esse conhecimento pode se tornar redundante em breve. Antes de gastar dinheiro na reforma de seu antigo escritório, faça uma pausa. Está pensando em abrir mais filiais em todos os cantos do país? Pense de novo. Em breve, os espaços físicos dos escritórios poderão ser uma coisa do passado.


O desafio para nós é que nos concentremos na criação da melhor solução para um determinado problema. Esquecemos que o problema em si pode mudar. Estamos todos focados na construção do produto ou serviço mais forte e sofisticado. Sem pensar na possibilidade de a necessidade vir a desaparecer. O mercado pode mudar. Nós nos concentramos na ponte. E ignore a possibilidade de o rio abaixo mudar de rumo. Pense sobre isso também. "Feito para durar" pode ter sido um mantra popular. Mas deve ser "Construir para se adaptar" pode ser o novo caminho a percorrer.


Você pode adicionar uma imagem do rio Choluteca às pinturas que enfeitam as paredes de seu escritório. Para lembrá-lo de construir um negócio e uma carreira que se adaptem às mudanças.


Caso contrário, você poderá ficar como a ponte Choluteca, em Honduras. Uma ponte muito soberba. Sobre o nada. Vai para lugar nenhum.