Nome de mortos de MS estão constando em lista do auxílio emergencial - Caarapó Online

Caarapó - MS, quinta-feira, 2 de julho de 2020


Nome de mortos de MS estão constando em lista do auxílio emergencial

Consta em atestado de óbito que mulher faleceu em 2016, vítima de crise hipertensiva grave

Publicado em: 23/06/2020 às 07h41

Gabriel Maymone

A família de Maria da Aparecida Lima Patene procurou a imprensa para denunciar que ela faleceu há quatro anos, mas consta como beneficiária na lista do auxílio emergencial do Governo Federal em Japorã (MS) – distante 466 quilômetros de Campo Grande.

Conforme atestado de óbito encaminhado pela família, a mulher faleceu em agosto de 2016, vítima de crise hipertensiva grave.

Outro caso semelhante foi denunciado à reportagem. O pai falecido de um pré-candidato a prefeito de Nioaque (MS) constava na lista de beneficiários do município. Também houve caso de jovem assassinado em 2017, em Juti (MS), que constava na lista do auxílio.

Divulgação das listas

Esses valores são as parcelas já disponibilizadas na conta dos beneficiários, não sendo possível afirmar se foi sacado. Se alguém tiver recebido de forma indevida, também pode usar o link para devolução voluntária.

Vale lembrar que as informações são todas oficiais, disponibilizadas pelo Portal da Transparência do Governo Federal, mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU). O Ministério da Cidadania é responsável pela gestão e base de dados do programa assistencial criado por causa da pandemia do novo coronavírus, que causa Covid-19.

Imprensa incentiva o Controle Social

A imprensa incentiva em Mato Grosso do Sul o ‘controle social’, que é a participação ativa da população no combate à corrupção com denúncias sobre suspeitas e fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial.

Assim, no Portal da Transparência, você pode comunicar oficialmente ao Ministério da Cidadania com a ferramenta Fala.BR. Ou pode ainda indicar se alguém recebe um benefício indevidamente pelo link “Fique de Olho!”.