UTFPR regulamenta aulas não presenciais, que devem recomeçar em agosto - Caarapó Online

Caarapó - MS, terça-feira, 9 de março de 2021


UTFPR regulamenta aulas não presenciais, que devem recomeçar em agosto

UTFPR (universidade Técnica Federal do Paraná) regulamenta aulas não presenciais, que devem começar no dia 3 de agosto

Publicado em: 01/06/2020 às 08h26

Assessoria

O Conselho de Graduação e Educação Profissional da UTFPR (Cogep) aprovou na sexta-feira (29.05) a resolução que normatiza o desenvolvimento de atividades didáticas não presenciais (ADNP) para os cursos de graduação. Todas as atividades presenciais da Universidade estão suspensas desde 16 de março como medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (19-nCoV).

De acordo com o documento, o novo regime apenas poderá ser proposto para as disciplinas que possam ter sua carga horária totalizada com atividades não presenciais. O período especial deverá ser iniciado a partir de 3 de agosto e as atividades concluídas não precisarão ser novamente realizadas quando calendário acadêmico for restabelecido.

O planejamento das atividades deverá ser realizado com a participação dos professores, estudantes, departamentos, colegiados e coordenações de curso. Os alunos, por exemplo, poderão indicar as necessidades técnicas para realizar as atividades (acesso a equipamentos ou à internet) e também deverão ser consultados sobre a oferta. Também é preciso que mais de 75% dos alunos matriculados na disciplina concordem com a oferta.

Segundo a Pró-Reitoria de Graduação da UTFPR, não haverá qualquer prejuízo aos estudantes e professores que não puderem realizar as atividades de maneira remota. "O intuito é oferecer essa possibilidade àqueles que tiverem condições de desenvolvê-la sem prejuízos ao processo de ensino e aprendizagem", comenta o pró-reitor Luís Maurício Resende.

Para a realização dos encontros virtuais, deverão ser utilizadas o Google Meet ou o Serviço de Conferência Web RNP. O Moodle Institucional, o Google Classroom e ZOOM, por sua vez, ficaram definidos com os ambientes virtuais de ensino e aprendizagem ficaram.