Estiagem no Paraná prejudica o milho e o feijão, mas soja compensa o prejuízo - Caarapó Online

Caarapó - MS, quinta-feira, 2 de julho de 2020


Estiagem no Paraná prejudica o milho e o feijão, mas soja compensa o prejuízo

Estiagem no Estado prejudica o milho e o feijão, mas soja compensa

Publicado em: 01/06/2020 às 08h07

Bem Paraná

Os números do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento confirmam os efeitos negativos da severa estiagem pela qual o Paraná passa em algumas culturas. É o caso da segunda safra de milho, cuja produção caiu em 1,6 milhão de toneladas com relação à estimativa inicial, que era de aproximadamente 12,8 milhões de toneladas.


A segunda safra de feijão também sofreu o impacto da estiagem e teve perdas em torno de 39%.


Apesar destas perdas, a estimativa é de uma produção de 40,6 milhões de toneladas de grãos na safra 2019/2020, volume 13% superior ao da safra 2018/2019, muito por casua do soja, com volume recorde de 20,7 milhões de toneladas, 28% superior ao da safra 2018/2019.