Defensora do 'fique em casa', Claudia Raia foi infectada sem sair de casa (vídeo) - Caarapó Online

Caarapó - MS, sexta-feira, 29 de maio de 2020


Defensora do 'fique em casa', Claudia Raia foi infectada sem sair de casa (vídeo)

A atriz global revelou que ficou com medo de tornar a situação da família pública pelo fato de defender o isolamento

Publicado em: 21/05/2020 às 09h09

G1

Claudia Raia, atriz da Rede Globo, defensora ferrenha do isolamento social por conta da pandemia do vírus chinês, assumiu, em uma live feita na terça-feira (19.05), que ela e seus filhos contraíram o coronavírus sem sair de casa.

Mesmo estando de quarentena com seu marido, Jarbas Homem de Mello, e com os filhos, Enzo Celulari e Shophia Raia, a atriz tem uma sugestão de como pode ter contraído a infecção, "nós 'coronamos' em casa. Uma loucura. Desci para buscar uma comida e acho que foi no elevador", disse a atriz.

"Nós somos formadores de opinião. Eu não queria dizer, achei que estava sendo um mau exemplo porque peguei em casa", a global revelou que ficou com medo de tornar a situação da família pública pelo fato de defender o isolamento.

"Eu fiquei com muita dor de cabeça uns três dias. No primeiro dia, parecia que eu tinha lutado MMA, eu estava destruída fisicamente: dor nos músculos grandes, como perna e glúteos. Perdi o olfato; e o paladar, não perdi", relatou.


Há cerca de um mês a família foi diagnosticada com o COVID-19, Claudia Raia disse que seus sintomas duraram 5 dias, já os de seu marido duraram uns 10 dias.

"O que a gente tem que entender é que essa doença tem uma escolha aleatória. Dois: ela depende da carga viral que você pega. Você pode pegar uma carga viral violentíssima e eu posso pegar uma carga viral menor, que foi o que aconteceu comigo", afirmou.

"Esse vírus está em todos os lugares. Todo mundo vai pegar e isso que é uma tristeza, mas é verdade. É uma doença traiçoeira. Peço, por favor, que vocês se conscientizem de uma vez por todas. Está no meio de nós, sim. Está perto de nós, sim", concluiu Cláudia Raia.

 

.

L