Governo libera cloroquina para casos leves, mas uso depende do médico e paciente - Caarapó Online

Caarapó - MS, sábado, 8 de agosto de 2020


Governo libera cloroquina para casos leves, mas uso depende do médico e paciente

Governo libera cloroquina para casos leves, mas uso depende do médico e do paciente

Publicado em: 21/05/2020 às 07h56

Assessoria

O Ministério da Saúde incluiu a cloroquina, e seu derivado hidroxicloroquina, no protocolo de tratamento para pacientes com sintomas leves de Covid-19. De acordo com o documento divulgado pela pasta, cabe ao médico a decisão sobre prescrever ou não a substância, sendo necessária também a vontade declarada do paciente, com a assinatura do Termo de Ciência e Consentimento.

O governo alerta que, apesar de serem medicações utilizadas em diversos protocolos e de terem atividade in vitro demonstrada contra o coronavírus, ainda não há resultados de “ensaios clínicos multicêntricos, controlados, cegos e randomizados que comprovem o beneficio inequívoco dessas medicações para o tratamento da Covid-19”.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) não recomenda o uso da droga, mas autorizou a prescrição em situações específicas, inclusive em casos leves, a critério do médico e em decisão compartilhada com o paciente.


Já a Associação Brasileira de Imunologia se posicionou contra a indicação de uso em pacientes com sintomas leves antes de estudos mais detalhados.