Paraguai não atende pedido do Brasil e fronteira continua fechada - Caarapó Online

Caarapó - MS, sexta-feira, 23 de outubro de 2020


Paraguai não atende pedido do Brasil e fronteira continua fechada

Lojistas de Ponta Porã pediram que pelo menos três ruas fossem abertas

Publicado em: 06/05/2020 às 07h58

Aliny Mary Dias

Em reunião realizada na terça-feira (05.05), o vizinho Paraguai decidiu manter as fronteiras do país fechadas, com isso, o acesso ao país vizinho por Ponta Porã, que faz fronteira com Pedro Juan Caballero, segue impedido.

As restrições do lado paraguaio começaram antes mesmo de medidas mais enérgicas em solo brasileiro. Valas e cercados de arame farpado chegaram a ser construídos para evitar que brasileiros entrassem no Paraguai.

Na reunião desta terça, o ministro da Defesa do Paraguai, Bernardino Soto Estigarribia, afirmou que ainda não há data prevista para a reabertura das fronteiras do país com o Brasil.

Câmara do comércio brasileiro, em Ponta Porã, no sul do Estado, chegou a solicitar que pelo menos três ruas fossem liberadas pelo país vizinho para facilitar o acesso de trabalhadores e turistas e, consequentemente, retomar o comércio na região.

“A fronteira continua fechada. Sabemos que existe um sentimento comum entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, mas necessariamente temos que fechar a fronteira porque temos muitos contaminados entre os compatriotas que entraram no país provenientes do Brasil”, disse o ministro a imprensa local.